Probabilidades para a existência da Vida no Universo

metodo

O big bang, como muitos pensam, não foi um acontecimento caótico, do começo de tudo, mas um evento organizado que precisou de uma grandíssima quantidade de informações.

Segundo Hawking, se a taxa da expansão do universo um segundo após o big bang tivesse sido menor em até mesmo uma fração de cem milhões de milhões, o universo teria implodido em uma bola de fogo.

O cientista inglês P.C.W. Davies concluiu que as chances das condições iniciais serem inapropriadas para a formação das estrelas, é o número um seguido de pelo menos mil bilhões de bilhões de zeros.

Para que a vida seja possível é preciso o balanceamento de pelo menos cinqüenta constantes e quantidades como a quantidade de energia utilizável no universo, a diferença de massa entre prótons e neutros, as forças fundamentais da natureza, a proporção da matéria e anti-matéria etc, em um grau matematicamente infinitesimal.

Forças fundamentais

A Força nuclear forte liga prótons e neutros dentro do núcleo dos átomos. Se essa força variasse para cima ou para baixo em pelo menos 1%, ou o universo seria totalmente hidrogênio ou não haveria hidrogênio algum, tornando o Universo um lugar inóspito.

A Força nuclear fraca – possibilita a fusão nuclear e a decomposição radioativa, Se essa força tivesse sido um pouco mais fraca ou um pouco mais forte, não haveria formação de planetas, pois o Universo teria produzido hélio de mais ou de menos na sua origem.

O Sistema Solar

Mesmo entre as Estrelas que são do tipo certo, a nossa não é muito grande e nem muito pequena, estando na franja de um braço espiral, ideal para a formação de planetas, nosso sistema solar é um em um bilhão e talvez muito mais raro que isso.

Ter Júpiter no nosso sistema solar é vital para a nossa sobrevivência no Planeta Terra. A forte gravidade de Júpiter atrai grande parte dos cometas e esteróides que poderia colidir com a Terra.

Ter uma Lua grande como a nossa também beneficia a vida na Terra, estando na distância certa, ela ajuda a regular as marés e estabilizar a orbita da Terra.

O Planeta Terra

Um planeta deve orbitar de modo constante para sustentar a vida em Torno de uma estrela como o Sol, em uma faixa que se estende de 145 a 160 milhões de quilômetros do Sol. A Terra orbita em torno de 150 milhões de quilômetros do Sol. O planeta tem que inclinar-se com exatidão em torno do seu eixo para evitar os extremos de clima e temperatura. Precisa de vários elementos pesados para a formação de moléculas como a da água. Precisa ter uma superfície grossa o bastante para impedir a proliferação de vulcões e fina o bastante para permitir que a atmosfera retenha o oxigênio.

Probabilidades de existir um planeta propicio à vida

Tipo certo de Galáxia – 1 em mil no universo

Tipo certo de estrela – 1 em um bilhão em galáxias aceitáveis

Tipo certo de Sistema Solar – 1 em um bilhão em estrelas aceitáveis

Tipo certo de Planeta – 1 em dez bilhões em sistemas solares aceitáveis

Probabilidade de um planeta bom – 1 em um bilhão no Universo

As explicações alternativas de ateus, naturalistas, céticos e afins para o surgimento da vida!

  • Teoria da Necessidade Natural – Alguma coisa na natureza tornou necessário que as coisas acontecessem como aconteceram!

Crítica – Essa alternativa é simplesmente uma asserção, não possui provas consistentes. Mesmo com a necessariedade das leis da natureza, ainda assim é preciso condições iniciais favoráveis, para a atuação dessas leis.

  • Possibilidade do acaso – Talvez tudo seja mesmo simplesmente um grande acidente cósmico!

Crítica – “A probabilidade especificada”, exclui o acaso acima de qualquer dúvida razoável.

  • A Teoria dos muitos mundos – Hawking aborda o tema

Crítica– Serve  como especulação,não há  provas matemáticas ou cientificas. Outros universos teóricos são inacessíveis à humanidade. O Cientista Inglês John Polkinghorne chamou essa teoria de “pseudociência” e “adivinhação metafísica”!

Conclusão: A própria invenção de Teorias fantasiosas por parte de ateus e céticos, revela o fato do ajuste preciso do Universo, apontando precisamente para o um Planejador Inteligente.

Fontes:

Em Defesa da Fé – Lee Strobel

Stephen W. Hawking, A brief history of time.

Para uma lista de exemplos, v. Universes, de John Leslie (Londres: Routledge, 1989)

20 Evidencias que Deus existe. Kenneth D. Boa & Robert M. Bowman Jr.

bacharel                                                                              Curso Bacharel em Teologia

Para maiores informações acesse:

http://hotmart.net.br/show.html?a=U2992886J

_______________________________________________________________________________________________

respostatePrepare-se para um dos mais provocantes e polêmicos cursos da American Seminars, administrado por Robert Abraham e Rabino Shimon Brandt. Nesta incrível apresentação, você vai aprender um dos maiores segredos do universo. Armado com este segredo, você vai derrubar qualquer argumento iluminista (entre aspas) dos ateus.

Mais informações acesse:

http://hotmart.net.br/show.html?a=C2970557J

Anúncios

7 comentários sobre “Probabilidades para a existência da Vida no Universo

  1. engraçado tentarem utilizar esse texto para reforçar a ideia de um criador inteligente nos colocando assim .. quem lê o texto desavisadamente pensaria que fica óbvio com essas contas de que só o nosso planeta abriga vida ….mas vamos fazer mais contas … sim .. no final de tudo ficou concluido que existira um planeta habitavel como o nosso em um bilhão no universo … parece muito ne?? mas na verdade é bem pouco se vc conhece o universo e seus números … vamos lá, a nossa galaxia que é de ordem média no universo, possui mais de 100 trilhões de estrelas em um diametro de 1000 anos luz( o que quer dizer que viajando na velocidade da luz vc levaria mil anos para ir de uma ponta a outra da nossa galaxia, apenas.- UAU!!) logo … vamos dizer que de 100 trilhões apenas 10 % possuam planetas= 10 trilhões, desses dez trilhões, 10 por cento são como o nosso sol … e que desses 10 trilhões 10 %, = 1 trilhão, possuam planetas minimamente parecidos com o nosso. Vamos ainda, não levar em consideração que muitas dessas estrelas possam ter mais de um planeta, logo nos restariam 1 trilhão de planetas, agora …quantas vezes 1 bilhão cabe em um trilhão ?1000 vezes …… agora vamos dizer que desses mil planetas 10 % apenas sejam bem parecidos ou bem proximos da terra, logo teriamos 100 planetas com plenas capacidades de abrigar vida como a nossa apenas na nossa galaxia, lembrando que nós não sabemos se a vida pode surgir de outras maneiras no universo, estamos apenas conjecturando numeros sobre o que entendemos como vida …. agora vamos extrapolar o pensamento … se na nossa galaxia utilizando a regra de Hawking(e a minha escala de 10 por cento de probabilidades, que poderia ser menor que essa sem problemas) teremos uma media de 100 planetas habitaveis por humanos por galaxia media, no universo conhecido( que nós conseguimos enxergar com nossos telescópios, pq óbvio que o ser humano não consegue ver o universo em sua totalidade),existem mais de 100 trilhões de trilhões de galaxias…… dessas, vamos conjecturar novamente que apenas 10 % sejam como a nossa( da ordem media) e que dessas apenas 10 % possuam condições favoraveis, ou sejam da idade da nossa…. mesmo assim, com 100 planetas por galaxia .. ainda teriamos um numero superior a 1 bilhão de planetas que poderiam ser habitaveis ou abrigar vida como a nossa , no universo CONHECIDO… fora o desconhecido que com certeza .. deve ser trilhões e trilhões de vezes maior que isso ….

    Curtir

    • 1° Você só especulou !

      2º Hawking já foi amplamente refutado em suas teorias, existe material farto na Internet!

      3° O Texto fala em probabilidade, o seu texto falou a mesma coisa!

      4° O seu texto se resume na Teoria da Loteria dos ateus: Se alguém comprar todas as chances, ganhará na Loteria – Porque esse argumento não é valido? Além de incluir uma “ordenação” para ganhar o prêmio!

      O problema com a analogia da Loteria é que em uma loteria as probabilidades de ganhar são extremamente baixas, porque o jogo é projetado para ser jogado por milhoes de pessoas, mas ganho por um único ou poucos jogadores. Se você jogasse na loteria uma única vez e nessa semana ninguém mais jogasse, você ficaria tremendamente surpreso se ganhasse! Mas no jogo da “Vida do Universo” não há garantia que o universo disporia de um lugar que pudesse sustentar a vida – a menos que alguém projetasse o universo desse modo.
      A analogia melhor é a da moeda. Suponha que você tenha uma moeda 10 centavos e fique atirando-a para o ar muitas vezes. Para a sua surpresa, sempre dá cara. Depois da centésima vez, você começa a suspeitar que colocaram um pesinho na moeda ou outro tipo de arranjo que faz com que caia sempre do mesmo jeito. (Exatamente. A probabilidade de dar cara cem vezes seguidas é menos de uma em um quatrilhao de quatrilhoes). Não faria sentido nenhum argumentar que há mais de cem bilhões de centavos em circulação, um deles daria obrigatoriamente cara cem ou mais vezes seguidas. A explicação melhor seria eu alguém forjou um meio de dar cara cem vezes seguidas.

      Curtir

  2. Regras para os próximos comentários, para não deixar o debate em um ping pong infrutífero:

    1° Teorias de Dawkins não serão aceitas – Já foram amplamente refutadas e existe material abundante na Internet sobre a refutação!

    2° Teorias que parte da pressuposição que o Universo sempre existiu, para depois mostrar que o Universo sempre existiu como a Teoria do Multiverso, Teoria das Cordas, Teoria do Observador e afins não serão aceitas! Pois além do que já foi dito, são teorias especulativas, que não podem ser observadas!

    3° O Debate só pode ocorrer dentro da Teoria do Bigbang, que possui equações matemáticas é uma teoria que passou pelo Crivo da observação! Nessa Teoria o Universo teve uma origem, está em expansão e possui Massa finita.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s