Karl Popper x Karl Marx

A obra de Karl Popper intitulada “A miséria do historicismo”, é uma clássica crítica ao marxismo. Nela o autor faz uma dedicatória provocativa “ aos incontáveis homens e mulheres de todos os credos, nações e raças, vítimas da crença fascista e comunista nas Leis Inexoráveis do Destino Histórico”.

Popper prega o seguinte: o marxismo se diz estruturado na análise científica da História. A História se move de maneira inevitável rumo ao socialismo. Dada a inevitabilidade histórica do socialismo, é melhor apressar as coisas trabalhando a favor deste, fazendo desta maneira que o inevitável aconteça mais rapidamente. Marx diz no prefácio do O Capital, “ é possível abreviar e aliviar as dores de parto” da caminhada rumo ao socialismo. Popper, no entanto, nos afirma que a evidência dessa “inevitabilidade histórica” é duvidosa. Não deve ser levada a sério. Não existe na história, modelo algum semelhante ao identificado por Marx e sobre o qual, em última análise fundamenta-se a sua teoria. Logo, pode-se afirmar que o edifico do marxismo é edificado sobre algo que logicamente é um erro.

Referência 

Apologética cristã no século XXI. Alister McGrath

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s