Sobre as mutações

Mutações são prejudiciais e traumáticas, visto que são cópias de defeitos. Apenas uma cópia perfeita de uma informação existente é desejável. Qualquer coisa, além disso, se torna uma cópia de defeitos, e isso significa que a cópia será pior, e não melhor com o passar do tempo.

Mutações são raras, e não se tem conhecimento de alguma que tenha sido benéfica. Não se obtém algo melhor do que já é perfeito.

As mutações não geram novos órgãos, apenas modificam os que já existem. O que acontece na realidade são órgãos já existentes tornando-se deformados e inúteis pelas mutações.

Mutações não são cumulativas, ou seja, não possuem um efeito aditivo, um a um. Toda mudança que venha a acontecer é diluída na próxima geração de forma que acaba não acontecendo um efeito em cadeia ao longo do tempo.

Nas mutações só vemos deteriorização, e nunca um acúmulo de informações e de estrutura.

As Leis da Genética não se aplicam numa ascendência progressiva através do acaso, ou acidentalmente, como as teorias da evolução querem afirmar. As Leis da Genética foram escritas pelo Criador para manter e preservar as informações que Ele codificou nas espécies originais, conforme está escrito no Livro de Gêneses.

Referência

Criação X Evolução. Dr. Grady S. McMurtry

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s