Mardoqueu um verdadeiro crente!

O livro de Ester está presente no Canon Sagrado, mas já foi muito contestada a sua presença nele, devido principalmente não citar Deus em suas linhas. Ester como o próprio nome do Livro já diz é a personagem histórica principal dos acontecimentos narrados nele. E não sem merecimento, pois quem entrava em contato com a moça que virou Rainha, era “agraciado” com sua presença. Ela alcançou graça perante muitos. A palavra hebraica para Graça é um termo muito utilizado na Bíblia para descrever o caráter de Deus. A freqüência desse termo associado a Ester nesse livro pode ser uma forma sutil de sugerir a presença do Senhor sem chegar a mencionar o nome Dele.

Mas como o título desse post sugere, eu quero falar de outro personagem que também se destaca em toda a trama: “Mardoqueu”!

Pouco depois de tornar-se rainha, Ester deu a Mardoqueu um cargo à porta do Rei aonde os assuntos oficiais eram tratados (Dt 22.13-15). Mardoqueu pôde usar sua posição para descobrir a conspiração dos guardas para assassinar o rei (Et 2.21). Aqui encontramos a primeira virtude de Mardoqueu – Sua motivação era, principalmente, o desejo de ser leal ao rei, e não um desejo egoísta de obter informação que lhe seria útil em matéria de intrigas na Corte.  Hoje vemos a briga por cargos nos grandes escalões da  Igreja, tudo com um interesse pessoal e egoísta, para não dizer coisa pior.

Mardoqueu não teve medo de ser diferente no seu trabalho, ele não se inclinava nem se prostrava diante de Hamã. Mardoqueu alegou aos servos do Rei que era Judeu (Crente)! Quantos nos seus serviços ficam escondidos e ninguém sabe que ele é Crente? Muitos brincam e chamam esses crentes de 007!

A  grande  coragem profética de Mardoqueu é demonstrada quando ele diz à Rainha Ester que caso ela se recusasse a ajudar, pereceria junto à casa de seu pai e que socorro e livramento viriam doutra parte, mostrando a grande fé desse homem nas promessas de Deus para com seu povo. Quantos profetas estão calados com medo de falarem o que Deus manda? Talvez por medo do posto que a pessoa que precisa ouvir ocupa, ou duvidando se Deus falou mesmo?   “Sem fé é impossível agradar a Deus” Hb 11.6.

O Livro de Ester termina com grandes louvores a Mardoqueu, cujos feitos foram registrados nas crônicas oficiais do Império Persa. Mardoqueu possuía o segundo posto mais alto em toda aquela terra, uma observação que nos lembra a história de José no Egito, de Daniel na Babilônia e que pode ser a nossa se formos fieis, perseverantes e honrarmos a Deus.

Referência

Bíblia de Estudo Pentecostal

Novo Comentário Bíblico Antigo Testamento. Earl D. Radmacher; Ronald B. Allen. H.Wayne House

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s