O fim do Golpe? Assim como Romero Jucá, Renan Calheiros e José Sarney, Michel Temer também foi gravado por Sérgio Machado

Por APCNEWS

Possibilidades de novos áudios preocupa muito a gestão Temer.

temer-telefone

Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, também gravou Michel Temer.

Ainda não há detalhes sobre o teor da conversa, mas, ao que tudo indica, o encontro deve ter sido motivado pela conspiração do, agora, presidente interino contra a Presidenta e contra os avanços da Lava Jato.

A gravação se encontra na PGR e aguarda homologação do Ministro do STF, Teori Zavascki, para anexá-la ao acordo de delação premiada de Sérgio Machado.

Segundo fontes próximas ao Planalto, assessores de Michel Temer confirmaram o encontro do interino com Sérgio Machado.

 

Palácio do Planalto se preocupa com situação de Renan Calheiros.

Reproduções do Globo online e da Folha de S.Paulo online

Reproduções do Globo online e da Folha de S.Paulo online

Reproduções do Globo online e da Folha de S.Paulo online

Comentário: Claro que as gravações das conversas com Romero Jucá, Renan Calheiros e José Sarney têm forte impacto político e junto à opinião pública. Mas a maior preocupação do Palácio do Planalto está na delação premiada de Sérgio Machado, que segundo informações publicadas por toda a imprensa, relataria com detalhes os esquemas de propinas de contratos da Transpetro, que teria beneficiado Renan Calheiros e outros parlamentares. A se confirmar, Renan Calheiros pode ficar numa situação insustentável e se afastar da presidência do Senado. É um cenário que atormenta Temer. O presidente em exercício contava com Eduardo Cunha para comandar o rolo compressor na Câmara dos Deputados, apesar de todo o desgaste da aliança perante a opinião pública. Hoje tem que conviver com Waldir Maranhão (PP-MA) e sua “gestão compartilhada” na Câmara, claro, com Eduardo Cunha por trás. No Senado e nas sessões conjuntas do Congresso Nacional, Temer conta com outro rolo compressor que é Renan Calheiros, basta ver como conduziu a sessão que aprovou a nova meta fiscal. E se Renan não aguentar? Aí o governo fica numa situação ainda mais difícil no Senado do que na Câmara. O vice-presidente do Senado é Jorge Viana (PT-AC). Na Câmara Temer sabe que mesmo com Waldir Maranhão e sua situação sui generis dá para negociar com Eduardo Cunha mais um cargo aqui, outro ali, e mesmo aos trancos e barrancos ter um controle da pauta. Mas na hipótese de ter o petista Jorge Viana no comando do Senado a situação ficará muito mais complicada para o governo atropelar a oposição. 

 

A Lava Jato na visão de José Sarney e Renan Calheiros.

Comentário: A revelação de novos diálogos gravados pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado com José Sarney e Renan Calheiros deixam claro que ambos estavam articulando uma forma de chegar ao ministro Teori Zavascki para conter a Lava Jato. Para Renan, o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot é “mau caráter”. Já Sarney tem o desplante de dizer que Sérgio Moro está “perseguindo por besteira. Os diálogos revelam também uma conversa com caciques do PSDB para acertar o “pacto” para abafar a Lava Jato. E vem mais por aí. Há várias horas gravadas que ainda não foram divulgadas e a delação de Sérgio Machado embora homologada ainda ficará em sigilo por mais algum tempo para não atrapalhar novas investigações que estão em curso. E por tudo o que foi revelado o “pacto” negociado incluía poupar Lula também, ou seja, um acordão para todo mundo se safar.

Reprodução do Jornal Nacional

Reprodução do Jornal Nacional

Reprodução do Jornal Nacional

>> Leia também: Romero Jucá derruba discurso do impeachment e escancara razões do golpe; Crise se agrava e Romero Jucá pede licença

Teste de fogo para Michel Temer.

Eduardo Paes bate foto do VLT

Eduardo Paes bate foto do VLT

Eduardo Paes bate foto do VLT

Comentário: A princípio o primeiro teste público de popularidade do presidente em exercício Michel Temer está marcado para o domingo (5 de Junho). É quando o prefeito do Rio Eduardo Paes vai inaugurar o primeiro trecho do VLT no Centro do Rio. O problema é que o PT, PCdoB e os movimentos sociais que apoiam Dilma e Lula marcaram uma grande manifestação na Candelária. Por isso Michel Temer ainda não confirmou a presença. A questão é que alguma hora Michel Temer vai ter que sair do Palácio do Planalto e enfrentar o povo. Nessa hora seja onde for é elementar que o PT e companhia vão realizar protesto. Não tem escapatória. Já soube que Paes quer montar uma operação de guerra com o Secretário Estadual de Segurança José Mariano Beltrame para impedir que Temer passe constrangimento, inclusive usando a Juventude do PMDB-RJ, que na época da CPI dos Ônibus na Câmara dos Vereadores (2013) foi usada para agredir manifestantes e repórteres. É bom lembrar a Paes que é uma faca de dois gumes. Em todo o caso por enquanto permanece o dilema de Temer: Ir ou não ir à inauguração do VLT no Rio?

FONTE: PLANTÃO BRASIL

Anúncios

2 comentários sobre “O fim do Golpe? Assim como Romero Jucá, Renan Calheiros e José Sarney, Michel Temer também foi gravado por Sérgio Machado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s