Indonésia: Estupradores serão punidos com pena de morte e castração química

As medidas são uma resposta após a crescente violência sexual contra crianças no país.

Os condenados que saírem da prisão sob condicional vão ter que usar usar dispositivos de monitoramento Foto: DIDA NUSWANTARA / AFP

JC Online

O presidente da Indonésia, Joko Widodo, assinou nessa quarta-feira (25) um decreto para punir os condenados por abuso sexual de crianças com castração química. O crime também poderá resultar em pena de morte.

A castração química é uma forma temporária de castração feita com medicamentos hormonais para reduzir o desejo sexual. Alguns países como Polônia, Coreia do Sul e Estados Unidos já aplicam este tipo de punição.

Além disso, de acordo com as novas regras, os criminosos que deixarem a prisão sob liberdade condicional terão que usar dispositivos de monitoramento eletrônico. O decreto emergencial entra em vigor imediatamente, mas o parlamento pode se opor.

As medidas são uma resposta após a crescente violência sexual contra crianças no país. Em abril deste ano, uma adolescente de 14 anos foi estuprada e morta quando ia da escola para casa, em Sumatra. Sete adolescentes entre 16 e 17 anos foram detidos pelo crime. O caso desencadeou um debate nacional sobre violência sexual e protestos exigindo punições mais rígidas aos condenados.

FONTE: UOL

Anúncios

Um comentário sobre “Indonésia: Estupradores serão punidos com pena de morte e castração química

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s