PARA JEAN WYLLYS, PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA A CRISTÃOS É “FANTASIA IMAGINÁRIA”

O deputado federal e ativista gay Jean Wyllys (PSOL-RJ) comentou a aprovação, na Câmara Municipal de São Paulo, do projeto de lei que cria o Dia do Combate à Cristofobia na cidade, e afirmou que não existem casos de perseguição a cristãos que justifiquem a data.

Em um artigo publicado em seu site, Wyllys acusou os vereadores paulistanos deaprovarem a data para atacarem a militância LGBT: “A Câmara de Vereadores de São Paulo aprovou mais uma data comemorativa sem relevância, desta vez para atacar a livre expressão de LGBT’s: o dia de combate à ‘cristofobia’. Essa legislação faz parte de um discurso desonesto, defendido há tempos por fundamentalistas ultraconservadores, segundo o qual a defesa de direitos e liberdades civis para LGBT’s configura uma forma de discriminação contra os praticantes do cristianismo”, afirmou o deputado.

Para Jean Wyllys, uma data que alerte sobre a perseguição religiosa contra cristãos é um gesto de “desonestidade intelectual” por supostamente querer atribuir à comunidade LGBT uma aversão aos cristãos: “A acusação (sic) de ‘cristofobia’ (uma fobia que não existe) é absurda e aviltante. É evidente que gays, lésbicas, bissexuais, travestis e as pessoas trans não têm ‘fobia’ de Cristo ou do cristianismo. Há, inclusive, muitos que praticam o cristianismo em diferentes igrejas, da mesma forma que há os que praticam outras religiões e também os ateus. Insinuar que a crítica dirigida aos discursos de ódio e preconceito contra os LGBT é uma crítica à religião é mais um ato de má-fé e desonestidade intelectual”, disse o ex-BBB.

Em um gesto hostil, Wyllys classificou de “fantasia imaginária” a perseguição religiosa a cristãos, que ele recusa a reconhecer, e afirmou que a lei, no fundo, é uma perseguição dos cristãos aos judeus: “A lei aprovada pela Câmara Municipal mira na comunidade LGBT, mas pode em pouco tempo ter como alvo também a comunidade judaica, já que os judeus não acreditam que Jesus seja o Cristo nem o Messias; logo, essa tal ‘cristofobia’ não passa do velho antissemitismo disfarçado. Se há hoje, no Brasil, religiosos perseguidos e discriminados, estes são os das religiões de matriz africana (Candomblé, Umbanda e Batuque)”, acusou.
Perseguição religiosa

Frequentemente chegam notícias de diversos cantos do mundo em que cristãos sofrem por sua fé em Jesus. Não são poucos os casos de pessoas que perdem a vida por entregarem sua fé ao Filho de Deus.

Quando Wyllys se recusa a reconhecer que existe perseguição contra cristãos, ele ignora o fato de que, diariamente, dez cristãos perdem a vida em todo o mundo por acreditarem no sacrifício da cruz.

O ativista gay, reduzido à busca por privilégios para a comunidade LGBT e à defesa de projetos de lei que obrigariam o governo a custear cirurgias de mudanças de sexo para crianças sem necessidade da aprovação dos pais, desconhece o triste caso da cristã iraquiana que foi feita de escrava sexual por militantes do Estado Islâmico, com quem era obrigada a “casar” e se “divorciar” nove vezes por noite, em um legalismo usado pelos terroristas para driblar a lei sharia, que rege a lei da própria religião que seguem.

Ao dizer que não existe cristofobia, o deputado rejeita o fato de a Nigéria, atualmente, enfrentar uma guerra civil iniciada por extremistas muçulmanos do Boko Haram, que prega a aniquilação da fé cristã no país africano. Uma das mortes causadas por esse pensamento intolerante foi registrada recentemente, quando um cristão foi morto por linchamento sob a acusação de supostamente ter blasfemado contra Maomé.

A criança que foi queimada viva, e nos últimos suspiros clamou a Deus para que perdoasse seus algozes também é uma “fantasia” para Jean Wyllys. Isso, para listar apenas alguns dos casos que, com dor, frequentemente são registrados neste portal. Com informações Gospel Mais

Anúncios

Um comentário sobre “PARA JEAN WYLLYS, PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA A CRISTÃOS É “FANTASIA IMAGINÁRIA”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s