Relatório secreto do WikiLeaks revela quando ficaremos sem água potável!

Documentos do exército dos EUA e da multinacional Nestlé foram publicados pelo WikiLeaks e revelam dados alarmantes sobre o futuro da água potável no planeta.

Resultado de imagem para wikileaks water nestle

O site WikiLeaks, dedicado a revelar segredos que diversos governos e empresas mantêm ocultos, publicou um relatório alarmante da multinacional Nestlé sobre a água potável no nosso planeta. No documento, afirma-se que a Terra poderá ficar sem água potável em menos de 34 anos. O relatório, escrito por executivos da empresa, declara que, por volta de 2025, um terço da população mundial poderá ter inconvenientes gravíssimos para dispor de água bebível e que, em 2050, a situação será abertamente catastrófica para todo o planeta.

Além disso, o site publicou uma pesquisa confidencial realizada pelo exército dos EUA, que diz que a dieta carnívora será a responsável pelo esgotamento dos recursos hídricos. A enorme quantidade de gado criado para satisfazer a demanda de carne no ocidente consome toneladas de milho e soja todos os anos. Se esses cereais fossem ingeridos diretamente pelos seres humanos, seria possível acabar com a fome no mundo e, ao mesmo tempo, economizar percentuais altos de água potável.

O Banco Mundial confirmou esse prognóstico desolador em um documento intitulado “Mudança Climática, Água e Economia”, o qual adverte que a escassez de água será consequência tanto dos fatores climáticos quanto do aumento da demanda por água potável, causado pelo rápido crescimento populacional. [FONTES: RT / Inquisitr / Imagem: latino/Shutterstock.com]

A ONU, propôs a internacionalização do Aquífero, Aquífero Guarani. Internacionalização é eufemismo para entregar nossa riqueza para as nações hegemônicas. A quem a ONU serve? Ela está de braços dados com os instrumentos de pressão das nações hegemônicas, Banco Mundial e FMI. Vejam o que é falado no vídeo abaixo sobre o dinheiro oferecido pelo BM. A ONU não merece ser respeitada!

Fazem-nos crer que temos falta de água, nos causam desespero, quando em nosso subsolo há mais água do que em qualquer outro lugar do planeta. Vão nos fazer crer que abundância têm os suíços, alemães, franceses, ingleses, norte-americanos, e que nós, latinos, somos pobres por escassez. Mentira! Somos pobres porque permitimos o sistema engendrado por eles para nos colonizar, usurpar o que é nosso.

Pesquisem sobre a presença dos EUA na tríplice fronteira, como, com a velha ladainha de luta contra o terrorismo e tráfico de drogas, há norte-americanos vigiando o Aquífero.

O Aquífero do Guarani é a maior reserva de água doce subterrânea do mundo. A maior parte dele está localizado no Brasil, mas também compreende Argentina, Paraguai e Uruguai.

O Aquífero Guarani é a maior reserva subterrânea de água doce do mundo, sendo também um dos maiores em todas as categorias.

A maior parte (70% ou 840 mil km²) da área ocupada pelo aquífero – cerca de 1,2 milhão de km² – está no subsolo do centro-sudoeste do Brasil. O restante se distribui entre o nordeste da Argentina (255 mil km²), noroeste do Uruguai (58 500 km²) e sudeste do Paraguai (71 700 km²), nas bacias do rio Paraná e do Chaco-Paraná. A população atual do domínio de ocorrência do aquífero é estimada em quinze milhões de habitantes.

  • Mato Grosso do Sul (213 700 km²)
    Rio Grande do Sul (157 600 km²)
    São Paulo (155 800 km²)
    Paraná (131 300 km²)
    Goiás (55 000 km²)
    Minas Gerais (51 300 km²)
    Santa Catarina (49 200 km²)
    Mato Grosso (26 400 km²)

Nomeado em homenagem à tribo Guarani, possui um volume de aproximadamente 55 mil km³ e profundidade máxima por volta de 1 800 metros, com uma capacidade de recarregamento de aproximadamente 166 km³ ao ano por precipitação. É dito que esta vasta reserva subterrânea pode fornecer água potável ao mundo por duzentos anos. Devido a uma possível falta de água potável no planeta, que começaria em vinte anos, este recurso natural está rapidamente sendo politizado, tornando-se o controle do Aquífero Guarani cada vez mais controverso.

A PRESENÇA DOS ESTADOS UNIDOS NA REGIÃO:

O filme argentino Sed, Invasión Gota a Gota (“Sede, Invasão Gota a Gota”), dirigido por Mausi Martínez mostra – na visão de seu autor – como o exército dos Estados Unidos da América vagarosamente, mas com regularidade, teria aumentado sua presença na Tríplice Fronteira (a área entre as fronteiras de Brasil, Argentina e Paraguai).

Oficialmente, a razão dada pelos Estados Unidos para a presença de seu exército na região é o treinamento de tropas paraguaias e exercícios conjuntos entre as tropas dos dois países, além de monitorar a população de etnia árabe que reside na região. De qualquer forma, Martínez alega que é a água que leva os estadunidenses à área, e ela teme uma vagarosa tomada do aqüífero antes mesmo que os governos locais notem o que está havendo.

Medos semelhantes seguiram a assinatura do acordo de treinamento entre os Estados Unidos e o Paraguai, que deu imunidade aos soldados estadunidenses e pode ser renovado infinitamente, o que é inédito, sendo que Donald Rumsfeld em pessoa visitou o Paraguai e, pela primeira vez na história, o presidente paraguaio Nicanor Duarte Frutos foi até a Casa Branca.

A base militar estadunidense foi construída próxima ao aeroporto Mariscal Estigarribia, a 200 km da Argentina e Bolívia e a 300 km do Brasil. O aeroporto pode receber aviões grandes (B-52, C-130 Hercules etc.), que a Força Aérea Paraguaia, aliás, não possui.

De acordo com o jornal argentino Clarín, a base do exército dos Estados Unidos é estratégica por sua locação próxima à Tríplice Fronteira, ao Aquífero Guarani e à Bolívia (menos de 200 quilômetros), ao mesmo tempo em que a lupa de Washington está apontada para o altiplano boliviano e para o presidente venezuelano Hugo Chávez, o suposto instigador da instabilidade na região”.

Miguel Filho/José luiz de Mendonça/Eli franqui/Ivan Sobral/Rinaldo passerine/João Carlos Simanke/Emanoel Rodrígues/Roberto de lima/Hélio Fier/Sérgio camargo/Eli franqui/Ségio Brandão/Prrof. Emani Frnacisco Rosa Filho.

EDIÇÃO E MONTAGEM: CRSS3
Aracatiara/Amontada/Itapipoca/Itarema

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s