Escravos e escravas cantam louvores em gratidão a Deus após serem libertos de cativeiro!

Em seu retorno do cativeiro do Boko Haram, elas se reuniram com suas famílias e fizeram uma festa de gratidão a Deus por sua liberdade.

A doce alegria da liberdade encheu os corações das 21 estudantes de Chibok libertadas do cativeiro do grupo terrorista Boko Haram, na Nigéria. Delicadasnegociações ainda estão em andamento para libertar o restante das 275 meninas que foram sequestradas em 2014.

540x350_meninasdfgh

“Louve ao Senhor! Somos gratas!”, exclamou Helen Musa, um das 21. ” Nunca imaginei que veria esse dia, mas com a ajuda de Deus conseguimos sair da escravidão”.

Mais de dois anos se passaram desde que 275 estudantes foram raptadas de seus dormitórios em Chibok, no nordeste da Nigéria. Seu desaparecimento gerou manchetes em todo o mundo e gerou uma onda de protestos nas redes sociais, com a hashtag #bringbackourgirls (#tragamnossasgarotasdevolta).

Quase todas as meninas sequestradas são cristãs. Durante seu cativeiro, elas viviam em cabanas de palha e foram forçados a se converter ao islamismo. No início, sua alimentação consistia em arroz e milho. Quando os alimentos se tornaram escassos, algumas delas morreram. Leitura Relacionada:

https://exateus.com/2016/05/31/nigeria-um-dos-paises-que-mais-persegue-cristaos/

https://exateus.com/2016/07/10/nigerianos-cristaos-sao-queimados-vivos-pelo-boko-haram-por-nao-negar-sua-fe/

https://exateus.com/2016/10/14/isla-meninas-cristas-sao-bens-a-serem-arruinados-ao-bel-prazer-abusar-delas-e-um-direito/

https://exateus.com/2016/07/30/isla-na-nigeria-varias-comunidades-cristas-foram-atacadas-violentamente/

https://exateus.com/2016/07/13/crista-e-degolada-enquanto-pregava-o-evangelho/

https://exateus.com/2015/11/24/maior-grupo-terrorista-do-mundo-nao-e-o-estado-islamico/

https://exateus.com/2016/06/21/para-jean-wyllys-perseguicao-religiosa-a-cristaos-e-fantasia-imaginaria/

Em seu retorno, elas se reuniram com suas famílias e fizeram uma festa de gratidão a Deus por sua liberdade.

“Eu senti como se fosse o dia em que eu nasci”, disse Ruth Markus, mãe de Saratu Markus, uma das meninas libertadas. “Eu dancei, dancei e dancei”.

Alguns dos pais viajaram durante dias para reencontrar as filhas e participar da reunião. “Estamos todos animados por vocês estarem aqui”, disse às meninas o vice-presidente do país, Yemi Osinbajo.” Estamos todos felizes por Deus ter preservado a vida de vocês e ter trazido vocês de volta”.

Embora muitas das meninas estivessem fisicamente fragilizadas, nada as impediu de pular e dançar em liberdade, na presença de Deus. [Com informações de GUIAME].

 

Anúncios

Um comentário sobre “Escravos e escravas cantam louvores em gratidão a Deus após serem libertos de cativeiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s