Impunidade de Jean Wyllys pode levar a surto de cusparadas no Congresso

Ao que tudo indica, Jean Wyllys deve mesmo aplicar o truque do Pernalonga em Bolsonaro e sair impune do processo no Conselho de Ética. Deve pegar uma suspensão de 120 dias, ou até menos. Dado que a punição mínima aceitável seria sua cassação, ele estará, enfim, impune.

Resta saber que consequências isso trará à Câmara dos Deputados, pois a tática do cuspe poderá se tornar um padrão. Deputados podem se sentir motivados a cuspir uns nos outros sem que sejam punidos, com tal precedente aberto. Mais:

https://exateus.com/2016/12/09/midia-abusa-das-fake-news-para-esconder-cuspe-de-jean-wyllys-e-fingir-que-assunto-e-outro/

Petista quer responsabilizar igrejas por atos individuais de membros

Jean Wyllys tenta ligar mortes em boate gay a Marco Feliciano e Jair Bolsonaro

Por exemplo, e se Jair Bolsonaro resolvesse cuspir no rosto de Jean Wyllys durante uma discussão mais ferrenha? Ele poderia também sair impune?

Seja lá como for, a provável decisão do Conselho de Ética de não aplicar punição a Jean Wyllys – e sempre lembrando que suspensão não é punição, que seria visualizada apenas na cassação – abre um precedente perigosíssimo.

Como quase tudo em política, esta é uma escolha tomada pelo Conselho de Ética.

Fonte: http://www.ceticismopolitico.com/impunidade-de-jean-wyllys-pode-levar-a-surto-de-cusparadas-no-congresso/

Mais:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s