Nós temos sangue templário?

Imagem relacionada

Assista esse post em vídeo:

 

Esse texto vai como aviso às pessoas que seguem o famoso youtuber Nando Moura, que se diz conservador, cristão, de direita e etc… mas que já de algum tempo tem promovido esoterismo velado no seu canal principalmente quando apóia as obras e o filme do Astrólogo e Muçulmano Olavo de Carvalho e um tal documentário maçonico intitulado Brasil Paralelo que em um de seus temas exalta o maior Maçom do Brasil José Bonifácio e que também já tem filme preparado sobre o mesmo!

Para entendermos a origem dos templários é preciso primeiro entender a lenda das famílias Rex Dei( Rei de Deus). As primeiras sociedades secretas  como os Rosa Cruz e o próprio priorado de Sião, possuíam lendas que resumidamente diziam que Jesus fora casado com Maria Madalena, deixou herdeiros e que esses herdeiros faziam parte da dinastia Merovíngia da Europa os Rex Dei que acabou também virando uma Sociedade Secreta. Estou resumindo muito essas lendas que ainda envolvem o Templo de Salomão, conhecimentos secretos e etc…

Os primeiros nove templários que foram a Jerusalém no século XI, eram todos membros da sociedade secreta milenar Rex Dei, procuravam certas relíquias e manuscritos sob os estábulos do Templo de Salomão, onde estiveram alojados por nove anos.

Além de histórias que eles encontraram a Arca da Aliança e o Santo Graal, alguns historiadores afirmam que eles encontraram escritos com rituais necessários para transformar o herdeiro de um faro em monarca, após o falecimento do faraó. Através de Moises esses rituais foram transmitidos ao Rei Davi que passou de geração em geração aos reis de Israel.

Tudo indica que a ordem do Templo foi fundada num momento histórico predeterminado pelas famílias Rex Deus, para criar o que seria a Nova Ordem Mundial, sendo eles os precursores.

A história diz que esses nove voluntários filhos de nobres europeus, atenderam à petição do governador de Jerusalém, Godefroy de Bouillon, que queria formar um corpo especial para proteger os peregrinos que visitavam a Terra Santa. O grupo contava com a presença de Hugo de Payens, futuro fundador dos Templários e Hanry St Clair, barão de Rosslyn. Resultado de imagem para hugo de payens

Historiadores também dizem que os Cavaleiros Templários constituíam o braço armado de outra sociedade Secreta a saber o Priorado de Sião, cujo o principal objetivo como já foi falado era restaurar a dinastia merovíngia que governou os francos entre 447 e 751. Os objetivos finais do Priorado seria uma restauração monárquica para uma Nova Ordem Mundial de paz e prosperidade, substituindo a Igreja Católica Romana por uma Religião ecumênica, estatal que coroaria esse Rei também sobre Israel.

Ao voltarem para a Europa Os Templários cresceram rapidamente e acumularam grandes riquezas, construindo dezenas de igrejas e catedrais por toda a Europa. Isso acabou desagradando o rei da França Felipe IV, o Belo que conspirou junto com o Vaticano para a perseguição da ordem que era acusada de venerarem o Bahopmet, o deus bode que representa Satanás!

O resultado da perseguição foi a captura do grão mestre da ordem Jacques de Molay e sua condenação de prisão perpétua. Com a relutância de Jacques ele acabou sendo queimado junto com outros lideres em uma pequena ilha no rio Sena.

Resultado de imagem para jacques demolayDepois da morte de Molay, os outros Templários fugiram e levaram seus tesouros principalmente para o Norte da Europa de onde se aproximaram dos Maçons.

A conexão portuguesa

No norte da Escócia, na aldeia de Rosslyn, existe uma pequena capela fundada pelos templários depois da morte de Molay, considerado o monumento mais importante da maçonaria internacional, devido a grande quantidade de símbolos maçônicos que possui. Lá encontra-se a Coluna do Aprendiz equivalente à Coluna de Boaz do templo de Salomão e dos templos maçônicos.  A outra coluna que deveriam representar a coluna de Jachim não está em Rosslyn.

Na busca dessa outra coluna os historiadores e  investigadores Ravenscroft e Wallace-Murphy, pesquisaram toda a documentação que puderam encontrar sobre William Sinclair e descobriram que Sinclair possuía os registros nórdicos das primeiras viagens dos Vinkings pelo Atlântico em direção à América, o que levou os investigadores deduzirem  que o escocês tivesse enviado esses registros para Portugal para ajudar esse reino em suas expedições marítimas.

Essa dedução levou Ravenscroft a visitar Portugal para investigar sobre a outra coluna, passou pelas principais cidades de Portugal sem êxito, finalmente por obra do acaso, com o carro atolado encontrou a Coluna em uma praça de Sintra. Idêntica a de Rosslyn com quase três metros de altura.

Quais os significados dessas duas colunas colocadas em extremos da Europa?

Existe uma sequência de sete oráculos planetários entre a Península Ibérica e a Escócia. O oráculo do Sol o mais famoso deles é onde está construída a Catedral de Notre-Drame. Sobre o Oráculo da Lua, ergueu-se a Catedral de Santiago de Compostela. Os oráculos de Mercúrio e de Vênus está sob as Catedrais de Toulouse e de Orleans e a própria capela de Rosslyn ergue-se sobre o oráculo de Saturno.

O signficado disso tudo passa pelo ocultismo druida que viajavam de Portugal até a Escócia passando por esses oráculos planetários e sincronizando desse modo, os sete chakras humanos com o alinhamento correspondente aos setes chakras da Terra.

O alinhamento dos planetas

Sempre que se registra um grande alinhamento dos planetas, o conjunto de colunas e as catedrais ficam avivadas , criando uma aura em forma de arco-íris sobre as extremidades. O penúltimo grande avivamento tinha ocorrido em 5 de maio de 2000. E temos o último agora recentemente em 23 de setembro de 2017.

Resultado de imagem para alinhamento dos planetas

Conclusão

A perseguição que se desencadeou sobre os templários, obrigou essa ordem esotérica a construir suas igrejas e templos segundo uma ordem astrológica e druida sobre os chamados oráculos planetários que concentravam as energias telúricas nos chakras da Terra.

Então estão sete grande templos distribuídos por Espanha, França e Escócia, limitados por duas colunas, que representam as energias femininas e masculinas em Portugal e Escócia. É a representação simbólica da Nova Jerusalém não a Bíblica mas a mística.

Então até que podemos ter sangue templário vindo dos portugueses e esse destino genético não se pode mudar… mas ter o pensamento templário, o cristão não deve ter… já que esse pensamento templário é envolto em mistério, misticismo e ocultismo.

17 Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. 2 Cor 5.17

Referências

A grande Conspiração. Robert Goodman

Sociedades Secretas. Serio Pereira Couto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s