Bonifácio o maior maçom do Brasil

Resultado de imagem para José Bonifácio maçonaria

Outra apologia velada à maçonaria está vindo dessa turminha que produziu o documentário Brasil Paralelo e o filme de Olavo de Carvalho. No Brasil Paralelo eles exaltaram os Templários que mesmo que seja  verdade que eles empreenderam às grandes navegações de Portugal, no fundo os Templários foram ou são uma Sociedade Secreta esotérica irmã da Maçonaria!

O filme de Olavo de Carvalho é cheio de esoterismo, eu já fiz um vídeo falando sobre isso, agora eles fazem um documentário e um filme para elogiar o Maçom José Bonifácio,  que realmente tem um currículo excelente na parte das Ciências e filosofia, principalmente na área da  Geologia, respeitado nisso em toda a Europa na sua época, dando aulas nas grandes universidades Europeias, sendo um pesquisador conhecidíssimo, principalmente na área da mineração. Mas por outro lado, Bonifácio pode ser considerado um dos  principais nomes da Maçonaria em seu início no Brasil. E por esse motivo, já não passa no meu crivo de cristandade, atingindo um grau muito grande no meu “desconfiometro” anti Illuminati! Aliás, essa turma de Brasil Paralelo também não passa no meu crivo, incluindo Nando Moura, Olavo de Carvalho e agora esse professor Rafael Nogueira.

Então vamos ao currículo maçônico de José Bonifácio:

Em 26 de maio de 1821, José Bonifácio é iniciado na Maçonaria. Nesse mesmo ano o patrono da Independência, funda, juntamente com outros maçons, uma sociedade secreta chamada Nobre Ordem dos Cavaleiros de Santa Cruz, que ficou conhecida como “Apostolado”. Dom Pedro I também fez parte dessa ordem, ganhando o título de Arconte – Rei.

Tanto Dom Pedro I quanto Bonifácio faziam parte do Grande Oriente do Brasil que teve seus trabalhos suspensos pelo próprio Dom Pedro I que mandou prender vários maçons devido uma disputa entre o Grupo de José Bonifácio  e grupo liderado por Joaquim Gonçalves Ledo. No entanto o Apostolado continuava e teve influência fundamental no projeto constitucional de 1823. O Grande Oriente do Brasil só reiniciou seus trabalhos em novembro de 1831, reelegendo José Bonifácio como Grão Mestre.

Em 1832 haviam dois Grande Orientes no Brasil: Um presidido por José Bonifácio e o Grande Oriente Nacional Brasileiro, presidido por Britto Sanchez e posteriormente tivemos outro comandado pelo Barão de Caxias.

Foi com José Bonifácio de Andrada e Silva que a Maçonaria tornou-se forte no âmbito político nacional do Brasil,tendo ele lançado um manifesto para todos os corpos maçônicos regulares mundiais com pontos importantes para a história nacional.

A grande verdade é que a Maçonaria era muito forte em Portugal, seja com os Templários ou com a ordem de Cristo, eles dominavam a política portuguesa, e foi a Maçonaria a responsável pela fuga de Dom João VI para o Brasil e depois de transferir a sede do governo para o Rio de Janeiro. Depois a maçonaria brasileira esteve a par dos principais acontecimentos políticos do Brasil.

Só podemos concluir que esse estilo revisionista do Brasil paralelo, não tem muito futuro, eles querem sair de um doutrinamento marxista no ensino brasileiro mas caem em uma exaltação maçônica Illuminati, exaltando templários, Bonifácio e outros tópicos do qual vão ser tiro no pé, pois só mostrará que essa gente maçônica só transformou o Brasil no que ele é hoje, um país de corruptos com muito pouco do que se orgulhar! Acho melhor o Brasil Paralelo contar outra história!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s