Será que Dallagnol e Dodge investigarão a Rede Globo?

Resultado de imagem para rede globo e dallagnol imagens

Nas investigações internacionais sobre a corrupção na FIFA o nome da Rede Globo apareceu envolvida num esquema de propinas para direitos de  transmissões de partidas de futebol  e envolvida nos negócios de Marin e Del Nero.

Eu duvido muito que os doutores Dallagnol e Raquel Dodge comecem qualquer investigação contra a Globo! Isso porque a Rede Globo apoiou o golpe que foi a retirada da Dilma para colocar um grupo neoliberal no poder. Só lembrando que no caso do Banestado onde também a Rede Globo apareceu envolvida junto com a cúpula Tucana, o mesmo Juiz Sérgio Moro da Lava Jato aliviou a barra para os grandes e pegou só peixe pequeno!

Aliás foi no caso Banestado que começou a tão famosa frase de Dalagnol e Moro que diz que o que não se relaciona com o PT, “não vem ao caso”! Será que uma investigação sobre a Rede Globo virá ao caso?

Só lembrando que a Rede Globo é uma empresa que é odiada tanto pela direita quanto pela esquerda, pela direita por apoiar em suas programações as causas do marxismo cultural (ideologia de gênero, feminismo, aborto etc) e pela esquerda por apoiar políticas neo-liberais advindas principalmente do PSDB.

Há muito rumores também sobre uma eventual falência da Emissora, principalmente pelo o avanço da internet que está quebrando o monopólio da informação e  pela perda de grandes patrocínios relacionados com o esporte, o que deve se agravar ainda mais com esses novos escândalos da Emissora com a FIFA.

Anúncios

Criadora da Ideologia de Gênero vem ao Brasil!

Resultado de imagem para Judith Butler

Está marcado para os dias 7,8 e 9 de novembro o seminário intitulado: “ Os fins da democracia” que ocorrerá no SESC e será organizado pela USP. Esse seminário contará com a  participação da considerada criadora do conceito de Ideologia de Gênero Judith Butler que é doutora em filosofia e professora em Universidades Norte Americanas.  A doutora defende que o gênero é uma construção social desde 1988. Sua obra mais conhecida é: “Problemas de Gênero, feminismo e subversão da identidade”.

É a segunda vez que Judith, que se declara lésbica e militante LGBT, vem ao Brasil, na primeira vez em 2015, quase ninguém protestou, somente o grupo TFP (Tradição, Família e Propriedade). Dessa vez com o fortalecimento do conservadorismo no Brasil e no mundo, já existe uma petição com mais de 100.000 assinaturas pedindo o cancelamento de sua palestra no Brasil, já que tanto o SESC e a USP são mantidos com verbas públicas.

Parece que o senhor ou a senhora Butler foi apanhado pela sua própria lógica: Ela costumava dizer que o mundo mudou, e que as pessoas “raivosas” precisavam aceitar isso (ideologia de gênero). Agora Butler precisa aceitar que o mundo mudou novamente e que o politicamente correto parou de crescer e que a onda conservadora cresce e não quer ouvir suas palestras! Ainda bem que como diz o ditado popular: “ O mundo dar voltas” já pensou se a terra fosse mesmo plana?

Marco Feliciano: Temer será julgado por Moro! Kkk só rindo deputado!

Resultado de imagem para aecio temer e moro

Marco Feliciano depois que virou fã de Astrolavo de Carvalho e considerá-lo como profeta, depois de elogiar o bruxo Paulo Coelho, parece que encapetou de vez ao ficar do lado do satanista Temer! Ou seja, está cada vez mais afastando o Espírito Santo da sua vida. Ao mesmo tempo em que justifica seu voto a favor de Temer, ele pede que evangélicos e católicos se unam numa tal “luta política”! Só ta faltando ele encabeçar a campanha católica pros evangélicos voltarem para o Romanismo! Coisa que está sendo feita nesse ano que completa 500 anos da Reforma protestante.

As desculpas para ficar ao lado de Temer são aquelas velhas: “Não podemos parar o país”, “É melhor para o país”, “Temer vai ser investigado em 2019”, “Não podemos favorecer o PT”, E a última agora é dizer que Temer será julgado por Moro! Kkk Faça-me rir!! Já viram a fotinha da turma de Temer com o Moro? São conversas que estão enganando cada vez menos, o que vimos na última votação, foram os deputados votando de cabeça baixa a favor de Temer, alguns levantaram as mesmas desculpas de Feliciano, só que não cola mais!

A verdade é que o país está em grande recessão e crise de emprego, por isso a inflação está caindo, noventa e tantos por cento da população está contra esse governo, mas daqui uns dias Marco Feliciano levanta uma bandeira anti-esquerdista do tipo anti-gaysista e obtém seus votos novamente e volta em 2018! O povo gosta de ser manobrado!

Especial 500 anos da Reforma: A falaciosa sucessão apostólica!

Resultado de imagem para marósia papas imagens

A veracidade da sucessão apostólica dos Papas católicos, pregada e defendida por Romanistas, cai por terra, principalmente porque muitos papas só conseguiram assumir o pontificado depois de subornarem os cardeais, e até mesmo matar seus rivais, ou seja, o Espírito Santo não pode estar nesse negócio! Então vamos ver como tudo começou:

A palavra papa que significa papai, fora usada no começo da igreja, para qualquer bispo distinto, sendo ele de Roma ou não, documentos antigos se referem ao papa Cipriano de Cartago, ou ao Papa Atanásio de Alexandria.

Conquanto haja controvérsia que Pedro esteve em Roma e morreu nesta cidade, porém não existe nenhum documento antigo que diga que Pedro transferiu sua autoridade apostólica aos seus sucessores. Além do mais, as listas antigas que citam os primeiros bispos de Roma, não batem. Umas dizem que Clemente sucedeu diretamente a Pedro, outras dizem que ele foi o terceiro bispo depois do apóstolo. Essas inconsistências levaram alguns historiadores a conjecturar que talvez o bispado de Roma em seu princípio tenha sido um colegiado em que vários bispos ou presbíteros eram os dirigentes. A verdade é que durante todo o século II da era cristã, sabe-se muito pouco ou nada sobre o bispado romano.

Durante os primeiros séculos da história da igreja, o centro do cristianismo esteve no Oriente, sendo que os bispos de Antioquia e Alexandria tinham muito mais primazia do que o bispo de Roma. A África Latina também teve muito mais contribuição teológica do que Roma nos primórdios, sendo que de lá vieram Tertuliano, Cipriano e Agostinho.

A situação só começa a ficar a favor de Roma, depois que o Império aceitou o cristianismo, como Roma era a capital, logo o bispo dessa cidade chegou a uma posição de destaque. Depois de algum tempo a igreja estava dividida e organizada politicamente (não apostolicamente) em cinco patriarcados: Jerusalém, Antioquia, Alexandria, Constantinopla e Roma.

Foi só na época de Leão o Grande em que a Itália e boa parte da Europa Ocidental estavam atoladas no Caos devido às invasões bárbaras, que o papado preencheu o vazio, proporcionando certa estabilidade. Foi Leão que negociou com Átila e o fez desistir de invadir Roma, anos depois, em 455, negociou com os Vândalos impedindo que eles queimassem a cidade e matassem os habitantes.  Foi Leão também o primeiro a usar os argumentos das chaves a Pedro, de Pedro como Pedra e dizer que o que estava Escrito nas Escrituras também serviam para seus sucessores.

400 anos depois de Leão,  o Papado chegava a sua decadência, vejamos a história de alguns papas dessa época:

Em 897, Estevão VI preside o chamado “Concílio Cadavérico”. Seu antecessor o papa Formoso, foi desenterrado, vestido com roupas papais e o arrastaram pelas ruas. Depois o morto foi julgado e declarado culpado de vários crimes, cortaram-lhe as mãos com que tinha abençoado os fiéis  e lançaram seu corpo no Rio Tigre.

Em 904, o papa Sérgio III mandou matar seus dois rivais, Leão V e Cristóvão I. Sérgio III era amante de Marósia, pertencente a uma das famílias mais poderosas e ambiciosa da Itália, que o ajudou a chegar no poder. O filho desse casal também subiu ao trono papal com o nome de João XI, depois que sua mãe Marósia junto com seu verdadeiro marido o marquês de Túcia tomaram o palácio de Latrão e mataram o papa João X.

Trinta anos depois de João XI, o papa Bento VI foi deposto e estrangulado por Crescêncio, irmão de João XIII. João XIV morreu envenenado no calabouço por Bonifácio VII, que depois também foi envenenado.

E depois de tudo isso, os católicos ainda reclamam da Reforma Protestante!

História Ilustrada do Cristianismo. A Era dos mártires até a Era dos Sonhos Frustrados. Justo L. González. Vida Nova.

Especial 500 Anos da Reforma Protestante- Os Papas do Renascimento!

Resultado de imagem para papa borgia imagens

Desde o Papa Eugênio IV que se ocupou em embelezar a cidade de Roma, passando pelo período da Reforma Protestante, o pontificado romano encarnou os ideais que a Renascença defendia. Quase todos eram amantes das belas artes, e não mediam esforços para trazer os melhores artistas e dotar a cidade de Roma de palácios, igrejas e grandes monumentos. Muitos também tinham amor pelas letras e enriqueceram as bibliotecas do Vaticano. Porém, poucos deles, se preocuparam com a Reforma da Igreja. Quase todos se perderam no amor pelo luxo, pelo poder despótico e pelos prazeres sensuais: Vejamos uma breve história de alguns deles:

Nicolau V ( 1447-1455) Sucedeu a Eugênio IV – Tinha por meta fazer de Roma a capital intelectual da Europa, trazendo os melhores pintores e autores para a cidade. Sua biblioteca pessoal chegou a ser uma das maiores no século XV. Fortificou os muros da cidade e expulsou os seus opositores. Tentou organizar uma cruzada contra os turcos mas não obteve êxito, quanto à Reforma da Igreja, ele não fez nada.

Calisto III, sucessor de Nicolau V, foi o primeiro papa dos Bórgia. Sonhava em ser um grande príncipe secular, pretendia unir a Itália para empreender uma cruzada contra os turcos, tendo se dedicado mais à guerra do que com suas responsabilidades religiosas. Foi no seu pontificado que o nepotismo começou a se intensificar tornando endêmico. Tornou Cardeal seu neto Rodrigo, a quem seria mais tarde o infame Alexandre VI.

Piu II, foi o último do período a manter uma certa dignidade no cargo de Papa. Devido a ameaça dos turcos, também tentou organizar uma cruzada. Embora não tenha feito nada de extraordinário no seu pontificado, também não cometeu grandes erros ou absurdos.

Paulo II- oportunista, seu principal interesse era acumular riquezas, em particular jóias e obras de arte, era pomposo, amante do luxo. Mesmo sendo papa, manteve suas concubinas, que a corte também não reprovava. Mandou restaurar os arcos do Triunfo dos imperadores Tito e Sétimo Severo, e a estátua de Marco Aurélio. Morreu jovem de apoplexia, em conseqüência de seus excessos sexuais, de acordo com os relatos de cronistas da época.

Sisto IV – Comprou os cardeais com promessas e presentes e assim assumiu o papado. Durante seu pontificado o nepotismo e a corrupção chegaram a níveis alarmantes. Sua maior preocupação era enriquecer a sua família, em particular os cinco sobrinhos. Um deles mais tarde seria o papa Júlio II. Toda Itália foi envolvida em guerras cujo o único objetivo era enriquecer os sobrinhos do papa. Esse papa chegou a excomungar toda a cidade de Florença por causa de uma trama feita por um de seus sobrinhos contra um dos Médici, também impôs o monopólio do trigo em todos os territórios papais onde os melhores pães iam para as arcas papais e o povo recibia o pão que o diabo amassou. Apesar de tudo isso, a história conhece Sisto IV como o mecenas que mandou edificar a Capela Sistina, assim chamada em sua homenagem.

Inocêncio VIII – Depois de eleito, quebrou a jura que não nomearia mais de um cardeal de sua família e que poria a sé romana em ordem. Alegou que o poder do papa era supremo, e por isso não precisava se sujeitar a nenhuma promessa. Foi o primeiro papa a reconhecer seus vários filhos ilegítimos, que cobriu de honras e riquezas. Com ele a venda de indulgências se tornou um negócio lucrativo e vergonhoso sob a liderança de um de seus filhos. Em 1884 queimou centenas de mulheres sob acusação de bruxaria. Essa foi sua medida para reformar a vida religiosa.

Rodrigo Bórgia – Também comprou os cardeais e foi eleito papa, com o nome de Alexandre VI.Com ele o papado chegou no ponto culminante de sua corrupção. Com ele o povo lamentava:  “Alexandre joga fora as chaves, os altares e até o Cristo. No fim das contas ele tem esse direito, pois os comprou”. Suas concubinas que também eram esposas de seus subalternos, deram-lhe filhos que Alexandre reconheceu como tais. Os mais famosos foram César e Lucrécia Bórgia. Mesmo não se tendo certeza de todos os  crimes e incestos que contam dessa família, a corrupção sem limites e as guerras que essa família causou, banharam a Itália em sangue e mancharam o papado como nunca antes.

A Reforma Protestante irrompe no pontificado de Leão X. Seu grande sonho foi completar a basílica de São Pedro, por esse motivo e por motivos militares intensificou a prática das indulgências.

Referência

História Ilustrada do Cristianismo. A Era dos mártires até a Era dos Sonhos Frustrados. Justo L. González. Vida Nova.

Bolsonaro acerta: pensar 200 vezes antes de privatizar a Petrobrás!

Resultado de imagem para bolsonaro mito imagens

Quando é pra criticar eu critico, quando é pra elogiar eu elogio, e critiquei Bolsonaro depois dele dizer nos EUA que é preciso retirar mais direito do trabalhador para que se crie mais emprego (mais que o Temer já retirou e pretende), Bolsonaro agora merece elogio quando diz que é preciso pensar 200 vezes antes e privatizar a Petrobrás! Porque segundo ele, colocando a estatal na mão de estrangeiros, perder-se-ia o controle do preço dos combustíveis! Certo Bolsonaro! Isso é nacionalismo de verdade!

Eu costumo dizer que em um país sério, seria punidos os corruptos mas não comprometido as empresas brasileiras como fez a Lava Jato! Que acabou com as nossas grandes empresas da Construção Civil e a própria Petrobrás, agravando a crise do desemprego no Brasil, mas a Lava Jato esta aí para isso mesmo, para desestabilizar o país, a mando dos neocons americanos!

Bolsonaro diz que antes de se pensar em vender, o que é preciso é acabar o aparelhamento político na Empresa,que acaba sendo usado para patrocinar campanhas e enriquecimento ilícito.

E isso aí Bolsonaro, continue diminuindo seu neoliberalismo que acabo me decidindo por votar em você! Pois o neoliberalismo é contrário ao Nacionalismo! E pense 1000 vezes antes de privatizar a Caixa Econômica, a Eletrobrás etc!

Na verdade, se Bolsonaro tivesse mantido uma postura dura em relação ao Governo Temer, tivesse rompido mesmo, ele já estaria muito a frente de Lula nas pesquisas eleitorais. Mas ainda há tempo de se redimir!

Corrupção nas FA! Água Fria na Intervenção Militar!

Imagem relacionada

A Uol traz uma reportagem em que relata e quantifica denúncias e suspeitas de corrupção nas Forças Armadas! É claro que a UOL não faz isso sem um objetivo que é justamente tentar esfriar o clamor da sociedade por uma Intervenção Militar! Nota-se que a reportagem já começa fazendo referência às falas do General Mourão que em uma Maçonaria, mostrou-se favorável a uma intervenção caso a corrupção e a impunidade continuem na política e no judiciário brasileiro. Em outros vídeos eu me mostrei com o “pé atrás” com uma possível intervenção militar, não porque sou contra a intervenção em si, mas devido a íntima ligação das Forças Armadas com a Maçonaria! Mas isso não vem ao caso agora!

A reportagem diz que o Ministério Público Militar detectou desvios de 191 milhões nas FA. E que esses desvios foram praticados tanto por soldados como por Oficiais de Alta patente. Seriam  crimes como fraudes a licitações, corrupção passiva, ativa, peculato e estelionato.

Segundo a Reportagem, há desvios causados por crimes como fraudes a licitações em hospitais militares, pagamento indevido de diárias a oficiais da Aeronáutica, desvio de combustíveis e apropriação de dinheiro público.Há também, casos típicos de uma organização militar como o de soldados que roubaram peças de um tanque de guerra no Sul do país para vendê-las a um ferro-velho e o de um coronel do Exército reformado que, às vésperas de sua morte se divorciou de sua mulher e se casou com a de seu próprio filho apenas para garantir que a sua pensão fosse paga por mais tempo.

Em Nota, tanto o Ministério da Defesa, quanto os Comandos das FA se defenderam e disseram que possuem órgãos e instrumentos de investigação e controle da corrupção, como sindicâncias, inquéritos, procedimentos disciplinares, ressarcimento do erário e etc!

Notamos nisso tudo, que apesar do número baixo de militares envolvidos em corrupção 0,04 do contingente total, nem mesmo uma intervenção militar é garantia no Brasil do fim da corrupção, o que precisamos mesmo é menos esquerdismo e menos “coxismo”, parar com essa história de “meu bandido favorito” e votarmos democraticamente em candidatos decentes tanto para o executivo como para o legislativo

Fonte:

https://www.uol/noticias/especiais/corrupcao-nos-quarteis.htm#132-militares-condenados