O Tucano Sergio Moro deixa Bolsonaro no vácuo!

Assista a minha análise sobre o episódio em que Bolsonaro tenta cumprimentar o Juiz tucano Sergio Moro e o mesmo deixa Bolsonaro no Vácuo! Assistam:

Anúncios

Análise das pesquisas para presidente 2018- Bolsonaro foi o que mais cresceu!

pesquisa4

Fazendo uma análise das últimas pesquisas eleitorais para presidente 2018, Bolsonaro foi o que mais cresceu! Mas a mídia não fala isso, e tenta mostrar uma força de Lula ou Marina Silva que na verdade permanecem estáveis desde o ano passado! Quanto a Aécio foi o candidato que mais caiu desde 1 ano e meio atrás!

Mais:

Jornalista esportivo esquerdista José Trajano fala sobre Bolsonaro!

Resultado de imagem para imagens jose trajano

Por

http://crentenoesporte.blogspot.com.br

Em entrevista ao UOL Esportes, o jornalista esportivo da ESPN, José Trajano falou sobre sua vida, suas polêmicas e sua profissão! No fim da entrevista, naquele estilo “para quem você tira o chapéu”, perguntado sobre o que achava sobre algumas personalidades, veja o que ele disse sobre o candidato Jair Bolsonaro:

“Ah, isso… É uma coisa de retroagir. É um passo atrás ou muitos passos atrás. É uma demência, um escárnio. Triste o país que tem um Bolsonaro.”

Atraso, seu José Trajano é o seu esquerdismo marxista, seu partidarismo vermelho, seus xingamentos, seu alcoolismo, seu tabagismo, seus adultérios,  suas brigas, suas ranzinzices com seus comandados, como foi relatado por você mesmo nessa entrevista!

Bolsonaro é cristão, tem disciplina militar, defensor da família e já disse em entrevistas que nunca traiu sua esposa!

Já quanto ao também esquerdista e ateu Juca Kfouri, ele diz que é seu irmão siames!

Eis aqui a entrevista:

http://www.uol/esporte/especiais/jose-trajano.htm#falo-logo-existo

Imprensa culpa Feliciano, Malafaia, Macedo e Bolsonaro por massacre em boate gay

por Jarbas Aragão / GospelPrime

Eu cantei a jogada que a Galera LGBT não têm coragem de acusar o Islã e fica usando de subterfúgios, acusando quem não tem nada a ver com isso. O assassino votava no Partido Democrata (esquerdista dos EUA) e frequentava a própria Boate!

Imprensa culpa Feliciano, Malafaia, Macedo e Bolsonaro por massacre em boate gayCharge culpa Feliciano e Malafaia por massacre em boate gay

Após ter sido usada pelo deputado Jean Wyllys (PSOL/RJ), a tentativa de associar os evangélicos brasileiros com omassacre na boate gay em Orlando (EUA), passou a ser tema de uma espécie de campanha nas redes sociais.

Uma imagem que diz “Se você acha que ser LGBT é pecado, você também puxou o gatilho” começou a ser usada em comentários do Facebook quando se fala sobre o tema. Uma série de outras frases sobre essa estranha associação circulam nas redes sociais.

fobia

O assunto saiu do virtual e chegou à imprensa. O jornal O Dia, do Rio de Janeiro, publicou como charge do dia de hoje (14). O desenho lembra o pôster do filme “Os Suspeitos”. Nela estão representados: o pastor Silas Malafaia, o bispo Edir Macedo, o deputado pastor Marco Feliciano (PSC/SP) e o deputado Jair Bolsonaro (PSC/RJ). Acima, a frase: “Não sei, foi tudo muito rápido… poderia ter sido qualquer um deles, ou todos, sei lá”.

Embora essa associação não faça o mínimo sentido, pois as pessoas representadas no desenho não estavam no local nem existe qualquer registro que tenham pedido a morte de homossexuais, a ideia parece estar se espalhando.

Marco Feliciano desabafa: “Geralmente admiro charges, são provocativas e engraçadas. Neste caso demonstra preconceito, inverdades e desonestidade intelectual. O crime foi promovido por um terrorista que planejou primeiro a Disney. E informações novas mostram que ele frequentava a boate. Isso sim é disseminação de ódio. Repudio está charge”.

Já o pastor Malafaia preferiu gravar um vídeo sobre o assunto. “Imprensa sectária… Eu quero ver o jornal O Dia fazer uma charge do Estado Islâmico…. Opinião não é homofobia, nem crime. Eu tenho o direito de dizer que uma prática é pecaminosa, nem por isso estou motivando o assassinato ou a morte… 115 mil cristãos foram assassinados no mundo ano passado, alguém falou sobre isso?”.

Ao falar da imprensa de modo em geral, que se calou diante de outras situações no passado, disparou: “São um bando de covardes e preconceituosos. Têm raiva do crescimento da igreja evangélica no país. Não somos promotores de ódio nem do assassinato de ninguém”.

Embora não esteja presente no desenho, mas tendo sido igualmente citado por Jean Wyllys, o deputado pastor Eurico (PHS/PE) também se manifestou sobre o assunto: “Cristãos morrem todos os dias vitimados por extremistas islâmicos em todo mundo. Eu nunca vi ele [Jean] defender ou demonstrar nenhum sentimento por nenhuma das famílias vitimadas. Nós, cristãos evangélicos não defendemos nem apoiamos nenhum ato de violência contra qualquer ser vivente, quer seja racional ou irracional”.

Afirmou ainda que “ ele carrega entranhado em sua alma contra os cristãos e evangélicos, ele não passa de um verdadeiro EVANGELICOFÓBICO. Deus tenha misericórdia de sua alma e liberte-o da escravidão que ora vive”.

O islã ensina a morte de homossexuais

Entre as imagens usadas na internet, algumas usam versículos bíblicos e imagens da Bíblia, afirmando que seu ensinamento estimula os cristãos a matarem homossexuais. Contudo, em nenhum momento foi lembrado que o atirador era muçulmano e que a ideia de se exterminar os gays é algo profundamente enraizado na lei islâmica.

Por exemplo, nos países onde a sharia [lei religiosa islâmica] é lei, os homossexuais são constantemente perseguidos e mortos. O Washington Post listou recentemente 10 países muçulmanos onde a prática pode ser punida com a morte. (Iêmen, Irã, Mauritânia, Nigéria, Qatar, Arábia Saudita, Somália, Sudão, Emirados Árabes Unidos e Iraque).

Conforme registrado pela BBC, os extremistas do Estado Islâmico jogam homossexuais do alto dos prédios, os que não morrem assim, são apedrejados em praça pública, muitas vezes sob aplausos das multidões que acompanham o evento.

No ano passado, o estudante de medicina Taim (nome fictício), de 24 anos, que vivia no Iraque saiu do país por causa disso.

“O Islã se opõe à homossexualidade. Meu pai me fez estudar a sharia (lei islâmica) por seis anos porque queria que fosse religioso como ele. Há um hadith (narrativas e pregações atribuídas ao profeta Maomé) que recomenda que homens gays sejam jogados de desfiladeiros, e depois que um juiz ou um califa decida se devem ser queimados ou apedrejados até a morte”, conta.

Jean Wyllys tenta ligar mortes em boate gay a Marco Feliciano e Jair Bolsonaro

Jean Wyllys tenta ligar mortes em boate gay a Marco Feliciano e Jair Bolsonaro

Por Jarbas Aragão / GospelPrime

Nas primeiras horas após o atentado que matou 50 pessoas e deixou pelo menos mais 54 feridos, várias informações divulgadas pela grande mídia eram incompletas ou simplesmente tendenciosas. Embora várias declarações de autoridades ligassem o terrorista Omar Saddiqui Mateen com grupos muçulmanos, insistia-se na tese de que era “cedo” para afirmar. Algumas horas depois, o Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelas mortes.

Mesmo assim, parte da mídia repetia o discurso do politicamente correto, tentando desvincular a motivação do assassino com suas convicções religiosas. Estranhamente, alguns veículos de comunicação tentaram fazer uma associação de crime com “fundamentalistas cristãos”.

As mortes das pessoas que estavam no clube gay Pulse foram a notícia principal durante todo o dia. Nas redes sociais, uma postagem gerou grande repercussão pelo seu conteúdo absurdo. O deputado Jean Wyllys (PSOL/RJ) escreveu um “textão” no Facebook, que logo foi comentado e compartilhado milhares de vezes.

Para Wyllys, homossexual assumido e famoso por ter vencido o programa Big Brother Brasil (BBB), a motivação do atentado “foi a aversão que ele [Omar] tinha pelo modo de vida dos gays, bissexuais e lésbicas”. Prosseguiu afirmando que “o fundamentalismo religioso (islâmico nesse caso, mas que existe também em outras religiões, como bem sabemos no Brasil) está na origem do ódio… contra as pessoas LGBT”.

Imediatamente tentou fazer uma ligação com várias personalidades evangélicas conhecidas. Citou nominalmente os deputados pasto Marco Feliciano (PSC/SP), pastor Eurico (PHS/PE), além do pastor Silas Malafaia, a psicóloga Marisa Lobo e a pastora/cantora Ana Paula Valadão.

Mencionou ainda Jair Bolsonaro (PSC/RJ), que é católico, mas defende a agenda conservadora da Frente Parlamentar Evangélica no Congresso.

Embora não tenha nenhuma prova do que diz, segundo Jean Wyllys, as pessoas citadas por ele possuem um “discurso de ódio” que “pode levar pessoas de bem a praticar atos de violência física – assassinatos e agressões físicas – contra membros da comunidade LGBT”.

Pouco tempo depois, Marco Feliciano usou a sua conta do Facebook para rebater as acusações infundadas do colega deputado.

“É lamentável o grau de psicopatia dos seres humanos neste século. O Estado Islâmico é responsável também pelo assassinato de mais de 150 mil cristãos”, lembrou ele. Logo em seguida, ressaltou que “o deputado ex-BBB me ataca, e também ataca outros cristãos dizendo ser nossa culpa, mas ele nunca se pronunciou sobre estas mortes, para ele, cristãos são uma subespécie e não merecem atenção”.

O deputado cristão anexou ainda cópia do projeto de Lei 1780/11, de autoria do psolista, que prevê o ensino do islamismo nas salas de aula do Brasil. Feliciano ressaltou que lamentava a morte das pessoas na boate, “peço que Deus conforte suas famílias, em oração peço que haja paz neste mundo”. Encerrou com um recado “ao ex-BBB peço, MENOS ÓDIO e seja mais sério, mais responsável com suas postagens”.

Procurado pelo portal Gospel Prime, o deputado pastor Eurico emitiu a seguinte nota:

“Uma pessoa como o citado deputado Jean Wyllys, que se diz representante do ativismo homossexual, nada mais é do que frustado. É uma pessoa que, por sofrer de distúrbios emocionais, tenta se esconder por traz de uma bandeira que não lhe garante um total respaldo. Dessa maneira, sai atirando em todos que não comungam com suas frustrações. Cristãos morrem todos os dias vitimados por extremistas islâmicos em todo mundo, e eu nunca vi ele defender nenhuma família vitimada. Nós, cristãos evangélicos, não defendemos nem apoiamos nenhum ato de violência contra qualquer ser vivente, seja racional ou irracional. Que Deus tenha misericórdia de sua alma e o liberte-o da escravidão que ora vive.
Dep Pastor Eurico-PHS/PE”

Jair Bolsonaro é batizado por pastor no rio Jordão

Jair Bolsonaro é batizado por pastor no rio Jordão

Por Jarbas Aragão / GospelPrime

Jair Messias Bolsonaro encontrou com o Messias Jesus Cristo. Em vídeo divulgado nas redes sociais, o deputado federal pelo Partido Social Cristão (PSC) e pré-candidato à presidência da República surpreendeu ao ser batizado por um pastor no rio Jordão, em Israel.

Ao lado de outros membros do seu partido, ele está fazendo uma “visita técnica” à Terra Santa, para conhecer tecnologias e estreitar a relação entre os países. Participaram como convidados especiais da cerimônia de celebração dos 68 anos de Independência de Israel.

Liderados pelo pastor Everaldo, presidente da legenda, além de Jair, compõem a equipe o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP), os deputados estaduais Flávio Bolsonaro, Felipe Soares, do Rio de Janeiro e Noraldino Júnior, de Minas Gerais, o vereador Carlos Bolsonaro (RJ) e a secretária de desenvolvimento do Ceará, Nicolle Barbosa.

Após visitas ao Knesset [Parlamento Israelense] e alguns ministérios, eles também visitaram lugares turísticos, como o “Jardim do Túmulo”, local onde o corpo de Jesus foi colocado depois da crucificação.

No vídeo que circula nas redes, o pastor Everaldo conduz uma cerimônia de batismo por imersão, seguindo a tradição da maioria das igrejas evangélicas. Bolsonaro está entre as pessoas que decidiram confessar publicamente sua fé em Jesus Cristo como Filho de Deus e salvador, sendo batizado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme a instrução bíblica.

Bolsonaro até o momento não se identificava publicamente como evangélico. Ele é amigo de vários pastores, como Marco Feliciano, e Silas Malafaia. Sabe-se ainda que sua esposa é membro da Assembleia de Deus Vitória em Cristo no Rio de Janeiro.

O filho Flávio, pré-candidato à prefeitura do Rio é membro de uma igreja batista, enquanto Eduardo defendendo os valores cristãos na Câmara. O portal Gospel Prime tentou contatar a assessoria do deputado, mas não obteve retorno.

Assista:

EM UM BRASIL PÓS-DILMA, QUAL SERÁ O PLANO GLOBALISTA PARA A NOVA ORDEM MUNDIAL?

As coisas estão ocorrendo como eu imaginava, mas ainda é cedo para se afirmar. A proposta marxista para a América Latina parece estar se desgastando e não “colando mais”. Os verdadeiros articuladores do jogo de xadrez, os GLOBALISTAS, estão tratando de mudar a maneira de encaminhar a AL para a NOM. Usaram os marxistas para esticarem o máximo possível a corda, sem deixar com que ela arrebentasse (arrebentar a corda implica no surgimento de uma verdadeira oposição de viés nacionalista, que não esteja fazendo parte do grande esquema).

Agora, provavelmente, adotarão políticas mais “moderadas”, com melhorias econômicas que façam com que o povão volte a poder fazer seu churrasquinho de domingo na lage, ou ainda com que a classe média consiga fazer sua viagenzinha ao exterior (e muitas compras, claro) financiadas em 10x.

O que quero dizer? Quero dizer que neste jogo, onde não existem oponentes, e sim colaboradores e aliados, o que muda é apenas o ritmo das coisas: marxistas pisaram fundo no acelerador; agora é a vez dos globalistas coordenarem diretamente e acelerarem bem menos, através da nova onda LIBERAL-LIBERTÁRIA que estão tentando promover a todo custo através de figurinhas como Gloria Alvarez, movimentos “sociais” como o MBL, ou ainda partidos políticos como o “NOVO”.

Enquanto consertam as economias (obviamente colocando tudo nas mãos das empresas globalistas e vendendo o país, literalmente), continuarão uma agenda cultural silenciosa, destruindo os valores de família e a moral cristã, para que o povo se torne cada vez mais gado para aceitar a NOM. Quem disse que você não pode virar um escravo com uma televisão de LCD de 48 polegadas e um iphone de última geração?

Algumas provas disso é que os principais jornais latinoamericanos (americanos e europeus também), nitidamente ESQUERDISTAS, já estão escancarando as falcatruas petistas. O PT nada mais é que um boi de piranha que pode ser sacrificado em pro de algo muito maior. Nas eleições de 2018 teremos alguns candidatos ditos de “direita” (que não farão nem questão de se intitularem como tal), como Caiado e alguém do NOVO, justamente para dividir os votos da Direita. Nenhum deles tem chances; apenas Jair Messias Bolsonaro; e eles sabem disso. Bolsonaro deve ser impedido por eles a qualquer custo, pois não é peça do tabuleiro. Eu repito: ele é o ÚNICO.