“PEGUE A SUA BÍBLIA E LEIA” – RESPOSTA DE MINISTRO ISRAELENSE AO PÉRFIDO DISCURSO DE JOHN KERRY

Naftali Bennet, ministro da Educação em Israel, respondeu ao discurso de ontem do secretário de estado norte-americano John Kerry, ao serviço do anti-semita Hussein Obama, em que este insistiu constantemente na viabilidade de uma “solução 2 estados.”

Na sua resposta, Bennet afirmou: “No seu discurso, Kerry mencionou-me de forma anônima por três vezes, querendo demonstrar que nos opomos a um estado palestino.”

“Assim, vou ser claro” – prosseguiu Bennet.

“Sim, se depender de mim, não iremos estabelecer nenhum estado terrorista no coração do nosso país. À custa da utópica ideia de um estado palestino, os cidadãos de Israel já pagaram com milhares de vítimas, dezenas de milhares de foguetes, e inúmeras condenações. Chegou a altura de uma nova política, e por aí que nós iremos avançar.” Mais:

https://exateus.com/2016/11/19/candelabro-e-azeite-para-o-terceiro-templo-ja-estao-prontos/

https://exateus.com/2016/11/11/sinedrio-pede-a-trump-e-putin-ajuda-para-construir-terceiro-templo-em-jerusalem/

A construção do Templo Judaico e os Maçons!

A Novilha Vermelha e o Terceiro Templo Judaico!

LEVITAS PARA O TERCEIRO TEMPLO SÃO REGISTRADOS E INICIAM ESTUDOS DA NOVILHA VERMELHA

Rabino-chefe de Israel admite reconstruir templo de Jerusalém junto a mesquita islâmica Al-Aqsa; “Há muito espaço para judeus, cristãos, muçulmanos, todos!”

ISRAEL JÁ TEM LEVITAS PRONTOS PARA FAZEREM OS SACRIFÍCIOS NO TERCEIRO TEMPLO

SINÉDRIO ESCOLHE NOVO SUMO-SACERDOTE EM ISRAEL; TERCEIRO TEMPLO DEVERÁ SER CONSTRUÍDO AO LADO DE MESQUITA

ISRAEL: SACERDOTES REENCENAM SERVIÇO BÍBLICO DO TEMPLO; CONSTRUÇÃO DO TERCEIRO TEMPLO ESTÁ PRÓXIMA

Judeus voltam a fazer sacrifícios de animais após 2000 anos

Achado arqueológico pode mudar construção do 3º Templo
Antes desta resposta de Bennet ao demagógico discurso de Kerry, já Bennet lhe tinha enviado um forte recado: “Há poucos dias atrás, o Conselho de Segurança da ONU votou a favor de uma vergonhosa resolução que menciona que Jerusalém é território ocupado.”

“Jerusalém é a capital judaica há 3.000 anos. Isso está na Bíblia. Abra-a, e leia. Nós, os judeus, temos andado a acender o menorá (candelabro) há 2.170 anos, em Jerusalém. Em cada Páscoa, nós dizemos: ‘No próximo ano, em Jerusalém’. Há 1.000 anos que acendemos o menorá na Rússia e em Marrocos, e dissemos: ‘No próximo ano, em Jerusalém’. Há 72 anos atrás, acendemos o menorá junto ao crematório de Auschwitz e dissemos: ‘No próximo ano, em Jerusalém.’

“Sr. secretário: Nenhuma decisão da ONU nem nenhum discurso mudará o fato de que Jerusalém foi e sempre será a capital israelense.”

Fonte: Shalom, Israel!

Anúncios

PRESIDENTE TURCO AMEAÇA ISRAEL E CONVOCA MUÇULMANOS PARA LUTAREM PELA PALESTINA

Imagem relacionada

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, exortou recentemente todos os muçulmanos do mundo para que defendam a causa palestiniana, assumindo uma posição dura contra Israel. O anúncio veio de forma inesperada, agora que se encaminhava a normalização das relações entre os dois países, rompidas desde 2010.

Em um simpósio sobre Al Quds – termo islâmico para se referir a Jerusalém – realizada em Istambul, Erdogan disse que “todos os muçulmanos têm o dever de apoiar a causa palestina e proteger Jerusalém”, acrescentando que a segurança da mesquita Al-Aqsa não deveria ser deixada nas mãos de “crianças armadas com pedras”. Mais:

https://exateus.com/2016/12/02/erdogan-declara-guerra-contra-assad-decisao-pode-colocar-russia-em-guerra-contra-a-otan/

https://exateus.com/2016/07/28/turquia-ditador-erdogan-manda-fechar-130-veiculos-de-comunicacao-e-prender-62-criancas-por-traicao-ao-governo-inacreditavel/

https://exateus.com/2016/05/11/o-sujo-e-o-mal-lavado-erdogan-diz-que-europa-e-local-seguro-para-alas-politicas-de-grupos-terroristas/

https://exateus.com/2016/07/16/fim-do-conflito-com-mais-poder-erdogan-ira-islamizar-o-exercito-e-implantar-a-lei-islamica-sharia-na-turquia-e-isso-com-o-apoio-da-midia-e-da-esquerda/

https://exateus.com/2016/02/19/guerra-inevitavel-moscou-ameaca-bombardear-tropas-da-turquia-pais-sunita-e-acusado-de-apoiar-jihadistas/

https://exateus.com/2016/04/26/governo-mundial-islamico-lideres-arabes-se-reunem-com-erdogan-para-unir-a-fe-de-17-bilhao-de-muculmanos/

Segundo o site turco TRT, que reproduziu o discurso, ele fez críticas à ONU por não intervir diretamente em solo israelense e afirmou: “A única maneira de alcançar uma paz duradoura no Oriente Médio é o estabelecimento de um Estado palestino independente e soberano, tendo como capital Jerusalém Oriental. É, portanto, necessário que a comunidade internacional aumente o seu apoio à Palestina”.

Durante o evento, Erdogan também deu “pistas” que pretende aproveitar sua presença na Síria para anexar partes do território, numa visível demonstração que continua com seus planos de restaurar o Império Otomano, estendendo seu domínio para o Sul, em direção a Israel.

No final de novembro, o ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, pediu aos europeus que adotem uma política mais dura em relação à Turquia. Sublinhou que desde a fracassada tentativa de golpe, em julho, o presidente Erdogan recebeu poderes legislativos que lhe permitem controlar os meios de comunicação, além demitir juízes e professores.
Barbarismo

No último domingo, Erdogan criticou um projeto de lei debatido em Israel, que proíbe o uso de alto-falantes das mesquitas para chamar os muçulmanos para a oração desde a meia-noite até as primeiras horas da manhã do dia. Isso irritou os islâmicos, pois todos os dias ao nascer do sol os praticantes são chamados a fazer suas preces.

Em um telefonema para o presidente de Israel Reuven Rivlin, Erdogan atacou a iniciativa, dizendo ser “inapropriada, pois fere a liberdade de expressão e a liberdade de religião”. Estranhamente, nenhuma das duas coisas estão presentes na Turquia governada por ele há mais de uma década.

No ano passado, quando a lei sequer existia, ele já falava em invadir Israel para tomar Jerusalém em nome de “todos os muçulmanos”.

Em entrevista recente à televisão israelense, o presidente da Turquia chamou o tratamento dado por Israel aos palestinos de “barbarismo”. Também insiste que o governo de Israel precisa “respeitar a santidade” do monte do Templo, onde fica atualmente a “esplanada das mesquitas”.

A fala também ecoa o que vem sendo imposto pela UNESCO, que nega os vínculos dos judeus com o local. Com informações de Times of Israel

Por Jarbas Aragão – Gospel Prime
Mais:

ONU decide que judeus não tem “laços” com o Monte do Templo

SINÉDRIO PEDE A TRUMP E PUTIN AJUDA PARA CONSTRUIR TERCEIRO TEMPLO EM JERUSALÉM

A construção do Templo Judaico e os Maçons!

A Novilha Vermelha e o Terceiro Templo Judaico!

LEVITAS PARA O TERCEIRO TEMPLO SÃO REGISTRADOS E INICIAM ESTUDOS DA NOVILHA VERMELHA

Rabino-chefe de Israel admite reconstruir templo de Jerusalém junto a mesquita islâmica Al-Aqsa; “Há muito espaço para judeus, cristãos, muçulmanos, todos!”

ISRAEL JÁ TEM LEVITAS PRONTOS PARA FAZEREM OS SACRIFÍCIOS NO TERCEIRO TEMPLO

SINÉDRIO ESCOLHE NOVO SUMO-SACERDOTE EM ISRAEL; TERCEIRO TEMPLO DEVERÁ SER CONSTRUÍDO AO LADO DE MESQUITA

ISRAEL: SACERDOTES REENCENAM SERVIÇO BÍBLICO DO TEMPLO; CONSTRUÇÃO DO TERCEIRO TEMPLO ESTÁ PRÓXIMA

Judeus voltam a fazer sacrifícios de animais após 2000 anos

Achado arqueológico pode mudar construção do 3º Templo

ONU DIZ QUE ISRAEL NÃO PODE ADMINISTRAR JERUSALÉM

Resultado de imagem para onu jerusalém
Esta semana, a 71ª sessão da Assembleia Geral da ONU tomou mais seis resoluções contra Israel. Declarou-se que a “todas as ações tomadas por Israel para impor as suas leis, jurisdição e administração na Cidade Santa de Jerusalém são ilegais e, portanto, nulas e sem validade”. Também foi exigido que fosse devolvido para a Síria o controle das Colinas de Golã. As outras quatro medidas favorecem os palestinos de diferentes maneiras.

Chamou atenção o fato de o novo presidente da Assembleia Geral, Peter Thompson, ser visto usando um lenço típico palestino enquanto participava de uma audiência. Agora, espera-se que o Conselho de Segurança tomará mais três medidas contra o Estado judeu.

Peter Thompson

Em todas as resoluções o Brasil votou com o bloco liderado pelos países muçulmanos. Os documentos podem ser lidos na íntegra AQUI

As resoluções questionam a soberania de Israel sobre seu território. Novamente chamado de “força ocupante” pela ONU, são feitas exigências para que haja a retomada imediata das negociações de paz entre a Síria, o Líbano e Israel, que incluiria a entrega da região de Golã, conquistada durante a Guerra de 1967. Segundo a ONU, isso seria um “obstáculo” para a paz regional. Nenhuma menção foi feita sobre o fato de haver no local acampamentos de grupos ligados ao Estado Islâmico, que tentaram uma invasão recentemente.

Ao se referir a Jerusalém, os documentos da ONU são claramente pró-Palestina, ignorando os laços milenares dos judeus com o local, ecoando os termos usados nas resoluções recentes da UNESCO.

A representante de Israel na Assembleia da ONU afirmou após a votação que “era uma vergonha como alguns país ainda insistem em não reconhecer a existência de Israel e usam a Assembleia Geral para espalhar acusações infundadas”. Classificou ainda o texto das resoluções de “narrativa tendenciosa”. Mais:

https://exateus.com/2016/10/14/onu-decide-que-judeus-nao-tem-lacos-com-o-monte-do-templo/

SINÉDRIO PEDE A TRUMP E PUTIN AJUDA PARA CONSTRUIR TERCEIRO TEMPLO EM JERUSALÉM

A construção do Templo Judaico e os Maçons!

A Novilha Vermelha e o Terceiro Templo Judaico!

LEVITAS PARA O TERCEIRO TEMPLO SÃO REGISTRADOS E INICIAM ESTUDOS DA NOVILHA VERMELHA

Rabino-chefe de Israel admite reconstruir templo de Jerusalém junto a mesquita islâmica Al-Aqsa; “Há muito espaço para judeus, cristãos, muçulmanos, todos!”

ISRAEL JÁ TEM LEVITAS PRONTOS PARA FAZEREM OS SACRIFÍCIOS NO TERCEIRO TEMPLO

SINÉDRIO ESCOLHE NOVO SUMO-SACERDOTE EM ISRAEL; TERCEIRO TEMPLO DEVERÁ SER CONSTRUÍDO AO LADO DE MESQUITA

ISRAEL: SACERDOTES REENCENAM SERVIÇO BÍBLICO DO TEMPLO; CONSTRUÇÃO DO TERCEIRO TEMPLO ESTÁ PRÓXIMA

Judeus voltam a fazer sacrifícios de animais após 2000 anos

Achado arqueológico pode mudar construção do 3º Templo

Ela continuou, lembrando que “desde 2015, ataques terroristas contra israelenses tiraram a vida de 42 pessoas e deixaram mais de 600 cidadãos feridos. Mesmo assim as resoluções não fazem nenhuma menção a essas vítimas.” Subindo o tom, reclamou que a ONU se nega a mencionar a organização terrorista Hamas que controla boa parta da Palestina.

O delegado dos Estados Unidos, um dos únicos países a votar em favor de Israel, acrescentou que as decisões preocupam. “É manifestamente injusto que as Nações Unidas, uma instituição fundada na noção de que todas as nações devem ser tratados igualmente, por tantas vezes trata Israel de forma desigual.”

Criticando a ONU, enfatizou que “três organismos das Nações Unidas refletem, em especial, o preconceito e os custos desnecessários de tais resoluções. Custando cerca de US$ 6,1 milhões em 2015, nada fizeram para contribuir com a paz na região”.

Próxima rodada: Conselho de Segurança da ONU

Agora, o Ministério do Exterior de Israel está se preparando para uma luta dura no Conselho de Segurança da ONU. Há várias resoluções que serão votada antes do final do ano e teme-se que o presidente Obama possa acelerar algumas delas para não deixar na mão de seu sucessor, Donald Trump, que prometeu um apoio maior à Israel.

Há três iniciativas que preocupam Israel. Uma delas, proposta pela França, é a realização de uma “conferência internacional de paz”, onde as Nações Unidas serviriam como intermediário, não deixando a decisão para Israel nem a Autoridade Palestina.

Ao mesmo tempo, o governo francês já anunciou que se um acordo não for alcançado, irá reconhecer “automaticamente” um Estado palestino e pedirá que outras nações façam o mesmo.

Autoridade Palestina ameaça romper acordos de paz

Contrariando as expectativas, o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, reeleito durante o congresso do movimento nacionalista Fatah que pretende “anular” o reconhecimento que sua Organização fez do Estado israelense em 1993, como parte dos Acordos de Oslo.

Base da OLP (Organização pela Libertação da Palestina), o Fatah oficialmente governa a Cisjordânia. Sendo ao mesmo tempo um partido político e um grupo militar, seu líder reiterou que se os israelenses continuarem se recusando a reconhecer a Palestina como Estado, a paz não virá. Controversamente, garantiu que “nunca reconhecerá Israel como Estado judeu”, uma das exigências do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, para retomar as negociações de paz.

Atualmente na ONU a Palestina tem o status de “estado observador não membro”, mas Abbas diz que isso irá mudar em breve. “Iremos ao Conselho de Segurança exigir a filiação plena à ONU como Estado membro”. Garantiu também que “2017 será o ano da Palestina”.

Com informações de YNet News e Times of Israel

Por Jarbas Aragão – Gospel Prime
Mais:

SINÉDRIO PEDE A TRUMP E PUTIN AJUDA PARA CONSTRUIR TERCEIRO TEMPLO EM JERUSALÉM

Resultado de imagem para trump third temple

Meu comentário: Para vocês que não sabem a Construção do Templo em Jerusalém é um marco para o início da Grande Tribulação ou o fim do mundo como os leigos gostam de falar! então convertam-se ao Senhor Jesus enquanto ainda há tempo! No Templo o Anti-Cristo será revelado para os Judeus!

O Sinédrio, grupo que reúne alguns dos principais rabinos de Israel, está fazendo um apelo aos maiores líderes políticos do mundo para que ajudem na construção do Terceiro Templo. Eles enviaram uma mensagem ao novo presidente dos EUA Donald Trump e ao presidente russo Vladimir Putin.

Segundo o Beaking Israel News, o rabino Hillel Weiss, porta-voz do Sinédrio, está confiante que ambos possam ser como o rei Ciro, mencionado na Bíblia. Apesar de não ser judeu, ele reconheceu a importância de Israel e do Templo e deu todo o apoio para a restauração do local sagrado em seus dias. Saiba mais:

A construção do Templo Judaico e os Maçons!

A Novilha Vermelha e o Terceiro Templo Judaico!

LEVITAS PARA O TERCEIRO TEMPLO SÃO REGISTRADOS E INICIAM ESTUDOS DA NOVILHA VERMELHA

Rabino-chefe de Israel admite reconstruir templo de Jerusalém junto a mesquita islâmica Al-Aqsa; “Há muito espaço para judeus, cristãos, muçulmanos, todos!”

ISRAEL JÁ TEM LEVITAS PRONTOS PARA FAZEREM OS SACRIFÍCIOS NO TERCEIRO TEMPLO

SINÉDRIO ESCOLHE NOVO SUMO-SACERDOTE EM ISRAEL; TERCEIRO TEMPLO DEVERÁ SER CONSTRUÍDO AO LADO DE MESQUITA

ISRAEL: SACERDOTES REENCENAM SERVIÇO BÍBLICO DO TEMPLO; CONSTRUÇÃO DO TERCEIRO TEMPLO ESTÁ PRÓXIMA

Judeus voltam a fazer sacrifícios de animais após 2000 anos

Achado arqueológico pode mudar construção do 3º Templo

Durante a campanha eleitoral, Trump prometeu que reconheceria Jerusalém como a capital de Israel. Agora que foi eleito, espera-se que ele também cumpra a promessa de transferir para lá a embaixada dos EUA, atualmente em Tel Aviv.

Ao Jerusalem Post, o conselheiro de Trump para Israel e o Oriente Médio, David Friedman, garantiu nesta quarta-feira (10): “Foi uma promessa de campanha e ele tem toda a intenção de cumpri-la. Vamos ver uma relação muito diferente entre os EUA e Israel.” O novo mandatário americano também avisou que será “o melhor amigo que Israel já teve”.

Durante sua terceira viagem oficial a Jerusalém em 2012, Putin visitou o Kotel (Muro das Lamentações). Quando chegou ao local sagrado, o líder russo ficou em silêncio por alguns minutos, fazendo uma oração pessoal. Depois, leu alguns Salmos de um livro de oração russo-hebraico.

Na ocasião, ele conversou com judeus ortodoxos sobre a importância do Monte do Templo e o Templo dos judeus. Chadrei Charedim, um site de notícias da comunidade judaica ortodoxa, informou na época que a resposta de Putin foi: “Vim aqui orar para que o Templo seja construído novamente”.

Baseado nessas “promessas”, explica o rabino Weiss, o Sinédrio enviou uma comunicação oficial em forma de carta, onde pede que tanto Putin quanto Trump auxiliem o povo judeu em sua missão sagrada.

“Estamos preparados para reconstruir o Templo. A situação política de hoje, onde os dois líderes políticos mais importantes do mundo apoiam o direito dos judeus a Jerusalém como sua herança espiritual, é historicamente sem precedentes”, comemora o rabino.

Até agora nenhum dos dois presidentes respondeu ao pedido dos rabinos que constituem o Sinédrio.
Templo levará à paz mundial

O Sinédrio também acredita que as intenções de Putin sobre o local nunca foram discutidas abertamente por que ele sabia da posição do governo Obama, que não tinha boas relações com Israel e defendia a entrega de Jerusalém Oriental para os palestinos.

Além de seus pedidos relativos ao Templo, os rabinos enfatizaram que apoiar a reivindicação judaica a Jerusalém traria benefícios ao mundo inteiro. “Os líderes da Rússia e dos EUA podem levar as nações do mundo à paz global através da construção do Templo, a fonte da paz”, reitera o Weiss. “Isso vai compensar as vergonhosas resoluções da UNESCO, que só aumentarão o terror e a violência”.

No mês passado, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Cultura e Organização Científica (UNESCO) aprovou duas resoluções que negam qualquer ligação entre a cidade de Jerusalém e o povo judeu, entregando aos muçulmanos um monopólio religioso sobre o monte do Templo e o Muro das Lamentações, que constituem a área mais sagrada do mundo para os judeus praticantes.

Por Jarbas Aragão – Gospel Prime

Arqueólogos comprovam existência da “terceira muralha” de Jerusalém

Arqueólogos comprovam existência da “terceira muralha” de Jerusalém

Por Jarbas Argão/ GospelPrime

A Autoridade de Antiguidades de Israel exibiu nesta quinta-feira (20) as evidências claras da existência da Terceira Muralha de Jerusalém. O local foi destruído durante a invasão do exército romano durante a Primeira Guerra Judaico-Romana, entre 66 d.C. e 73 d.C. A queda da muralha ocorreu cerca de 70 anos após a morte do imperador Herodes.

Essa foi a primeira das três revoltas do povo judeu contra a dominação romana, ocorrida há cerca de dois mil anos, no período do segundo templo. A revelação, ironicamente, ocorre poucos dias após a UNESCO tentar eliminar “qualquer ligação” dos judeus com o monte do templo. Saiba mais sobre  ONU:

O QUE É A ONU? – CRIAÇÃO LUCIFERIANA!

CRIANÇA ESPERANÇA? PLANO DA UNESCO ENSINA ABORTO E DIREITO À MASTURBAÇÃO PARA CRIANÇAS DE 5 ANOS

ONU ignora 400.000 pedidos em favor de cristãos

ONU afirma que levar crianças à igreja é “violação dos direitos humanos”

https://exateus.com/2016/10/14/onu-decide-que-judeus-nao-tem-lacos-com-o-monte-do-templo/

Os arqueólogos encontraram junto a vestígios da muralha, diversos projéteis de pedra que foram lançados por catapultas, além de uma ponta de lança e diferentes peças de artilharia romana utilizadas para derrubar o muro. Segundo o relato histórico, guardas judeus protegiam a cidade do alto de uma torre junto à esse muro.

Rina Avner e Kfir Arbib, diretores da escavação, explicam que esse “É um testemunho fascinante do intenso bombardeio realizado pelo exército romano, comandado por Tito, com a intenção de conquistar a cidade e destruir o Segundo Templo”.

terceira-muralha

A Autoridade de Antiguidades irá apresentar todos os achados da escavação durante uma conferência sobre arqueologia em 27 de outubro. O material divulgado até agora já provocou debates entre historiadores sobre a localização da Terceira Muralha, pois se relaciona com o verdadeiro limites de Jerusalém antes da invasão comandado por Tito. Elas se somam as descobertas no Complexo Russo de Jerusalém, um dos distritos mais antigos da cidade, que também comprovam a localização do muro naquela área.

Testemunho histórico

Essa muralha não existia nos tempos de Jesus, mas é parte importante da narrativa da destruição de Jerusalém e do templo, conforme foi profetizada no capítulos 24 do evangelho de Mateus. Mais sobre a construção do Templo:

A construção do Templo Judaico e os Maçons!

https://exateus.com/2015/10/07/a-novilha-vermelha-e-o-terceiro-templo-judaico/

https://exateus.com/2016/04/04/levitas-para-o-terceiro-templo-sao-registrados-e-iniciam-estudos-da-novilha-vermelha/

Rabino-chefe de Israel admite reconstruir templo de Jerusalém junto a mesquita islâmica Al-Aqsa; “Há muito espaço para judeus, cristãos, muçulmanos, todos!”

ISRAEL JÁ TEM LEVITAS PRONTOS PARA FAZEREM OS SACRIFÍCIOS NO TERCEIRO TEMPLO

SINÉDRIO ESCOLHE NOVO SUMO-SACERDOTE EM ISRAEL; TERCEIRO TEMPLO DEVERÁ SER CONSTRUÍDO AO LADO DE MESQUITA

ISRAEL: SACERDOTES REENCENAM SERVIÇO BÍBLICO DO TEMPLO; CONSTRUÇÃO DO TERCEIRO TEMPLO ESTÁ PRÓXIMA

Judeus voltam a fazer sacrifícios de animais após 2000 anos

https://exateus.com/2015/12/13/achado-arqueologico-pode-mudar-construcao-do-3o-templo/

Os escritos do historiador Flávio Josefo, que foi testemunha da guerra, relatam os detalhes de vários conflitos, incluindo essa terceira muralha, erguida para proteger a área Beit Zeita. Ela ficava fora dos limites da cidade, ao norte das duas muralhas mais antigas e conhecidas.

A construção do muro foi iniciada pelo rei Agripa I. No entanto, ele suspendeu as obras para não provocar a ira do imperador Cláudio e dissipar quaisquer dúvidas a respeito de sua lealdade.

Ainda segundo Josefo, a terceira muralha voltou a ser erguida cerca de 20 anos depois, como uma estratégia de defesa. Ela fortificaria a parte mais externa da cidade, já em preparação para a Grande Revolta contra Roma.

O historiador descreveu em detalhes esse muro externo, que começava junto à Torre Hippicus, mais conhecida como Cidadela de Davi. A partir daí, seguia para o norte, até a enorme Torre Psephinus. Depois, seguia para o leste, descendo em direção à sepultura da rainha Helena, no que hoje é mais conhecido como Túmulos dos Reis. Com informações Jerusalém Post

Maior festival de música ocultista invadiu Jerusalém, a Terra Santa!

logoiuyhr

Se o nome faz você pensar naDisneylândia, você está certo. “Tomorrowland” (Terra do Amanhã) é o nome do tema de uma sessão dos parques da Disney. O Walt Disney original, um grande fã de ideias futuristas, disse que a versão da Disneylândia foi projetada “para te dar uma oportunidade de participar nas aventuras que são o projeto para nosso futuro”.

https://www.youtube-nocookie.com/embed/lUwbo3KCIj8

O festival de música global chamado “Tomorrowland” (aparentemente compartilhando o mesmo nome sem objeções da Disney) tem o mesmo objetivo … a mesma coisa. O que está sendo oferecido, no entanto, nem é uma experiência musical e nem uma experiência tecnológica. O festival é abertamente espiritual, cheio de “histórias” e “contos de fadas” entre as performances musicais para comunicar uma religião Luciferiana, Wicca e Hindu.

Esse ano, o festival do “Tomorrowland” irá para Israel pela primeira vez no novo Payis Arena Stadium de 11.000 lugares na Cidade Santa de Jerusalém, que hospedará essa extravagante missão pagã internacional, que prefere ser chamada de “o maior festival de música do mundo”.

Será que o “Tomorrowland” é só mais um festival de música? Vamos analisar.

tomorrowland-brasilkjhgdf

tomorrowland-brasil

Esse festival começou em 2005 na Bélgica, e seu crescimento é impressionante. No início de 2008, ele ficou um fim de semana no final do mês de julho, e o números já passavam os 50.000 participantes. Em 2012, a contagem era de incríveis 185.000 pessoas. Em 2013, uma companhia de festivais estabelecida nos EUA (Georgia), o chamou de “Tomorrow World” (Mundo do Amanhã). No ano seguinte, o “Tomorrowland” abriu uma segunda base no Brasil. E então, em 2015 veio a ideia dos festivais “espelho”, ligados diretamente ao vivo de diferentes lugares através de telas de vídeo gigantes. Os festivais “Mirror to Tomorrowland” (Espelhos para a Terra do Amanhã), habilitaram as juventudes a se “unirem” através do espelho e “se tornarem parte da loucura” em seis países: México, Índia, Japão, Colômbia, Alemanha e África do Sul. No dia 23 de julho (o segundo dia dos 3 dias do festival belga), Israel se tornou o espelho de número sete a se juntar à loucura. O evento em Jerusalém foi agendado para acontecer no dia 23 de julho de 2016, das 20h às 4h da madrugada.

Por que um “espelho” ligando, e não apenas um festival simultâneo? Aparentemente não há compromisso no objetivo de se “construírem pontes” entre a Bélgica, a qual dirige o conteúdo espiritual, e as cidades satélites, que gerenciam os talentos musicais locais, palcos e fãs. Continuem lendo para descobrirem o porquê desse link ser tão vital.

Todo ano há um tema, e eles fornecem a primeira pista que, apesar de ser mostrado e vendido como um festival mundial de música, o “Tomorrowland”, na verdade, não é realmente sobre música. Os conceitos de “vida” e “felicidade”, o “poder” e os “mistérios” do mundo invisível são explorados em clipes cativantes e muito bem produzidos, liberados bem antes de cada festival. Frequentemente a música nem mesmo é mencionada nessas introduções. A segunda pista é de que cada clipe único introdutório, assim como as cerimônias de início dos festivais transmitidas da Bélgica, incluem a reverente abertura de um livro animado chamado de “o livro da sabedoria”, do qual todas as “histórias” dos festivais são retiradas. Na sua capa temos o logo do “Tomorrowland”, um desenho ambíguo para o “terceiro olho”, o sinal ocultista tradicional da iluminação espiritual. O olho é coroado, simbolizando um clamor pela adoração à fonte de poder espiritual.

“O livro da sabedoria” foi mencionado no vídeo clipe promocional de 2013 no festival da Georgia, onde se dizia que “O livro da sabedoria será aberto em seu segundo lar”. No vídeo de 2012, essas explicações e esses visuais não deixam dúvidas sobre as raízes pagãs dessa “sabedoria”. Os autores desses escritos (mostrados nos clipes como personagens bizarros chifrudos, estão realizando várias atividades ocultistas) são descritos como uma “civilização magnífica” composta por “guardiões dos contos de fadas”, e eles recebem menções honrosas durante os festivais.

Os vídeos clipes promocionais também seguem o método de aceitação de gradualmente introduzir a filosofia oculta da Nova Era chamada de a Sabedoria Eterna, para alcançar a “transformação” das massas e prepará-las para se unirem sob o “guia mundial”. Os temas de “Tomorrowland” nesses últimos anos tem cuidadosamente estendido suas fundações firmadas em 2012.

No “Surgimento da Vida” (O trailer do Tomorrowland de 2013), pistas são mostradas sobre um homem sem identificação que está “escondido da civilização” em algum lugar, o qual está descobrindo antigos segredos para a humanidade. Esse clipe nos convida a nos “conectarmos com os seres que perambulam no coração dessa terra mágica … e só porque você não viu algo, não quer dizer que ele não exista”.

Em A Chave para a Felicidade (trailer de 2014 para o Tomorrowland), “revela um segredo por trás de uma chave mágica … “a qual familiariza as pessoas que vão ao festival com outro símbolo oculto do caminho místico para a iluminação: uma antiga máquina mística esperando para ser reativada. Aqui, novamente, nos é ditoque essa máquina foi construída para a humanidade no passado por um misterioso homem escondido, o qual confiou a chave aos “guardiões”.

Só uma vez que a música se tornou o tema (O Segredo do Reino de Melodia, em 2015). A pequena introdução aguça o telespectador ao perguntar de onde todas as músicas vieram. Um longo clipe apresenta a música como um mero portal para se entrar na dimensão espiritual, se utilizando de crianças inocentes como modelos, mas não responde a pergunta. Você a terá mais tarde, no festival da Bélgica, a qual introduz “o reino de Melodia” … uma imagem produzida no que parece com uma catedral cristã, formada por tubos de órgão musical. Na verdade, o áudio mostra uma música de órgão de igreja tocando … não exatamente o gênero favorito para uma juventude que ama festas, mas algumas coisas são mais importantes do que agradar aos fãs. Sobre essa música de fundo, o narrador explica que “O reino de Melodia possui todas as músicas em seu coração. Seu único desejo é o de unir o mundo numa única melodia, e dar alegria a todos que vierem para seu reino”.

12493756_10153586626449177_9056874182093746408_opcolij

12493756_10153586626449177_9056874182093746408_o

Os leitores que conhecem a sua Bíblia se lembrarão que, como o “querubim que cuida” no santo Monte de Deus, a um arcanjo em particular foi dada a habilidade musical, descrita nas entrelinhas de “tambores e pífaros (tubos) (Ezequiel 28:13). Seu nome em hebraico é “Heilel bem Shahar” (Isaías 14:12, “estrela da manhã, filho da alva”), que indica a sua habilidade de iluminar a escuridão. Então, quando o “espelho” belga nos diz que a música produzida pelo rei de Melodia possui “um imenso poder, enchendo o mundo com sons luminosos”, podemos saber exatamente qual é o “reino” que está patrocinando o “Tomorrowland”.

Isso pode ficar pior? Infelizmente sim. O tema desse ano é O Elixir da Vida(trailer de introdução do Tomorrowland de 2016), no qual uma bela donzela Wicca (bruxa), perambula através de uma igualmente linda floresta, consultando um livro e juntando ingredientes para um encantamento. A bruxa nos diz que “é do passado que nosso elixir secreto se origina”, e que os ingredientes necessários estão “num lugar onde só os escolhidos podem entrar”. Seus dizeres crípticos: “Estamos todos conectados a ela; é a voz dela que me guia”, isso é deixado sem explicação, mas osadoradores de Gaia entenderão. Ela precisa de um último ingrediente para estabelecer “meu caminho para a felicidade eterna”, e para encontra-lo ela terá que andar de olhos vendados, um requerimento comum para o iniciado no ocultismo.

Não existe nenhuma menção sequer para música no Trailer Introdutório para o Tomorrowland de 2016. E supostamente temos que acreditar que esse seja “o maior festival de música do mundo”?

https://www.youtube-nocookie.com/embed/pliBB2la3n8

Mesmo assim, o Ministro do Turismo de Israel deu boas vindas para que esse descarado festival de ocultismo iniciasse suas atividades em Jerusalém, a cidade na qual Deus escolheu para que o Seu nome habitasse (2 Crônicas 6:6). Então o que a mídia israelense diz sobre o “Tomorrowland”?

Infelizmente a mídia secular de Israel tem sofrido de uma cegueira desejosa similar. OJerusalem Post obedientemente descreveu o “Tomorrowland” como um dos maiores festivais de música eletrônica do mundo. O site Tourist Israel também se juntou a essa história de “música eletrônica”, além de colocar o clipepromocional do Tomorrowland 2016 que proclama que “algo milagroso está para acontecer”, se os participantes só “olharem para o espelho e se unirem” com o poder que virá através da transmissão ao vivo da Bélgica.

E o Ynet ingenuamente aceitou o conto de fadas de que esse festival pagão veio para Jerusalém como uma gentileza para que os israelitas não precisassem gastar com viagens: “Em nosso Tour, o principal marqueteiro do festival na Bélgica, disse que grande demanda popular em Israel o levou à decisão de hospedar o evento especial em Israel. Muitos israelitas viajam para o festival “Tomorrowland” todos os anos”.

Vocês acreditam nisso? Trazer o festival ocultista “Tomorrowland” para Jerusalém é para que eles não gastem dinheiro com viagens? É como um dos clipes promocionais do “Tomorrowland” reforça na lembrança que com os ocultistas “nada é o que parece ser.

Mas não precisamos que o “Tomorrowland” nos diga que vivemos num mundo espiritual.

Pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes. Efésios 6:12

O que podemos fazer, aqueles de nós que amamos o Deus de Israel e Seu povo? “Toda a autoridade no céu e na terra” (Mateus 28:18) pertence a Yeshua, não importa o que o “livro do conhecimento” do Tomorrowland venha a afirmar! Pedimos ao corpo do Messias em todo o mundo que fique conosco em oração, ao intercedermos pela nação de Israel e seu povo.

Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes. … Com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos. Efésios 6:13, 18 

Via: EFÉSIOS 612

Assista: O Evento de música mais Satânico do mundo!

https://www.youtube-nocookie.com/embed/XjR1zi6YrbM__

Assista: Simbolismo Satânico no TomorrowLand!

https://www.youtube-nocookie.com/embed/tIGXyjYK6eM 

FESTIVAL EM JERUSALÉM PROMOVE FUNDAÇÃO DE “RELIGIÃO ÚNICA MUNDIAL”

Único país com democracia plena no Oriente Médio, Israel sediará um festival de artes. Chamado de Mekudeshet, ele quer ser um predecessor da religião mundial. O material de divulgação afirma que cristãos, judeus e muçulmanos irão se reunir na Cidade Santa para um “encontro espiritual”, tornando-se verdadeiramente o “Amém – casa de oração para todos os que creem”.

Segundo o site do projeto, o objetivo do encontro que reunirá milhares de pessoas – ao longo de três semanas em setembro – é criar “uma única casa para as três grandes religiões do mundo, onde elas possam aproveitar os antigos poderes da cidade para inspirar artistas, músicos e figuras culturais de todo o mundo na busca de redefinir sua arte e tradições visando uma conexão”.

O diretor artístico Itay Mautner explica o objetivo: “Vamos ver se é possível, apesar de todas as dificuldades e obstáculos terrenos, criarmos uma nova realidade.” Diz ainda que a espiritualidade é um elemento central, ao fazer um convite para a práticas de oração individuais e coletivas. Eles se reunirão no Jerusalém Music Center, onde farão invocações em árabe, hebraico e copta, cada um clamando pelo nome do seu deus.

Eventos como este normalmente fazem um apelo pela unidade em nome de um mundo melhor, mas para isso pedem que se abra mão de “convicções antigas”. É exatamente isso que pode induzir ao erro,acredita Jennifer LeClaire, colunista da revista Charisma.

Autora de livros sobre oração e avivamento, LeClaire entende que esse discurso artístico é uma preparação para “uma tentativa de se redefinir a religião”. Ela insiste que as pessoas podem buscar a Deus de muitas maneiras, mas isso não significa que todas estão certas, pois só existe um caminho para o Pai: através de Jesus.

Ela entende que a igreja precisa estar atenta para esse discurso tão comum nas gerações mais jovens, que visam a conquista da paz mundial através de manifestações culturais. Para a autora, muitas músicas cantadas hoje em dia trazem essa mensagem de paz que é falsa, pois prescinde de Deus.Com informações de Breaking Israel News

Por Jarbas Aragão – Gospel Prime